Mãe de Nego do Borel se torna ré por maus-tratos e lesão corporal contra enteada de 8 anos

A criança teria sido agredida por usar o xampu da madrasta; o pai teria castigado a filha após relatos de agressões

Escrito por Redação,

Zoeira
mãe nego do borel agressões enteada
Legenda: Segundo as investigações, a criança narrou para sua mãe que, ao contar para o pai sobre as agressões sofridas pela madrasta, também teria sido agredida por ele e castigada
Foto: Reprodução/Instagram

A mãe do cantor Nego do Borel, Roseli Viana Gomes, se tornou ré no processo que investiga maus-tratos e lesão corporal contra a enteada de 8 anos. O pai da vítima, Alex Alves Gomes, também responderá pelo processo judicial. As informações são do O Globo

A decisão é do juiz Marco José Mattos Couto, da 1ª Vara Criminal de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, em resposta à denúncia formulada pelo Ministério Público, no início de junho último.

O casal negou as agressões. O caso é investigado pela Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (DCAV).

Conforme depoimento da mãe da menina, ela recebeu tapas, arranhões e teve xampu jogado contra os olhos durante o banho, em 24 de maio deste ano.

Um exame realizado no Instituto Médico Legal (IML) e o depoimento especial da vítima confirmaram as agressões. 

Violência e omissão

A mãe da criança disse ter notado machucados no corpo da filha. Ao questioná-la, ela relatou que tinha apanhado “de Rose" com as mãos e com os chinelos, enquanto mostrava outras marcas.

Segundo os policiais, a madrasta teria agredido a enteada por errar o xampu que deveria ser usado por ela. 

Na unidade policial, a mãe da menina disse que reportou a violência ao pai, mas ele teria se negado a acreditar e a castigado.