Humorista 'Sobrevivente' fala de ascensão na internet e do desejo por projeto no teatro

O humorista narra a execução de receitas de um jeito bem nordestino

Escrito por João Lima Neto, joao.lima@svm.com.br

Zoeira
Maranhense narra a montagem de pratos exóticos
Legenda: Maranhense narra a montagem de pratos exóticos
Foto: Reprodução/Instgram

Quem usa os aplicativos Instagram ou TikTok já deve ter caído em um vídeo dele. O maranhense Edelson Ribeiro, 33, o Sobrevivente, chamou atenção das redes sociais narrando a execução de pratos da culinária de diferentes países de um jeito bem nordestino. Em entrevista ao Diário do Nordeste, o influenciador digital e humorista falou do desejo de realizar um projeto em teatro.  

Natural de Buruti (MA), Edelson Ribeiro deixou o convívio da família para viver em Marabá (PA). De vida simples e com muitas dificuldades, ele quis buscar um futuro melhor para todos. Antes da fama, ele trabalhou como entregador de supermercado, entregador de gás e também com reparos em computadores.

Assista à entrevista:

"A gente que nasce no Maranhão, em condições mais pobres, a gente vai se mudando de acordo onde a palmeira do babaçu dá o coco mais gordo. Nasci no Buriti. Poucos depois me mudei para Bela Vista, em um interiorzinho chamado Lagoa do Caboclo Morto. Meus pais ainda hoje estão por lá. Terminando o ensino fundamental, já para o ensino médio, por poucas condições da região, capei o gato para Marabá", explicou o Sobrevivente.

Em dezembro de 2020, por incentivo de primos, ele resolveu ingressar nas redes sociais com os vídeos de humor. "Tudo o que eu vejo eu comento dessa forma. As coisas tem que ser simples para mim. Quando eu vejo coisa muito enrolada eu comento dessa forma como você pode ver nos vídeos. Meus primos também me incentivaram e aí foi" 

Termos como "Pindoba", "Aguá de Jussara" e "Ovo virar mocó" são algumas das expressões utilizadas pelo maranhense para narrar os ingredientes de cada vídeo. No bate-papo por videoconferência, ele explica a origem das frases. 

Projeto de stand-up no teatro

Boa parte dos nomes do humor que surgiram na internet estão fazendo apresentações de stand-up em teatro. Edelson Ribeiro conta que vontade e projeto ele já tem no bolso. 

"Stand-up que é uma que sempre gostei e admirei. Nunca veio na minha mente: 'eu quero ser um humorista de stand-up'. Eu via minha condição e falava: 'rapaz, mesmo que eu queira, eu vou querer uma coisa vou só me frustrar'. Só que agora vejo que é uma possibilidade mais próxima. Sim, pretendo, temos projetos", ressalta o Sobrevivente.  

Segundo ele, a ida para o teatro requer cuidado e mais tempo de estudo. Ao mesmo tempo, o maranhense diz que planeja aproximação de pessoas que entendam sobre o assunto.

Fama e renda pela internet

Com o retorno financeiro dos primeiros vídeos, Edelson Ribeiro ajuda familiares. De imediato, em tom de humor, ele gastou dinheiro com ele: "comprei um kit retentor da minha moto e comprei essa cadeira nova para o computador. Foi uns dois stories para pagar ela".

Não tenho essa ambição para passar por cima de tudo para ganhar dinheiro a todo custo. Vai vindo, vai chegando, eu vou guardando, vou ajudando um aqui, outro acolá
Edelson Ribeiro, o Sobrevivente
Influenciador digital e humorista

Edelson conta que, de início, duvidou que a produção de conteúdo para internet fosse um meio de vida. "Quando os famosos começaram a seguir e conversar o povo falava: 'e aí cara? estou gostando do teu trabalho'. E eu: 'trabalho? que trabalho'. Foi difícil para entender que isso era um trabalho, que dava para ganhar dinheiro".

O maranhense conta que o assédio publicitário é grande. Ele entra em lojas de Marabá (PA), por exemplo, e os lojistas já chegam com sacolas para tirar fotos com ele. No Instagram, ele já soma anúncios para marcas nacionais. 

Em pouco tempo de internet, Edelson Ribeiro chamou atenção até da TV Globo. Em julho deste ano, ele ganhou o quadro "VAR do Sabor" no reality "Mestres do Sabor".