Como foi o acidente de Fernando Fernandes? Saiba história do atleta e apresentador do No Limite

O ex-BBB quis retomar a vida por meio do esporte, quando decidiu entrar na paracanoagem

Escrito por Redação,

Zoeira
Acidente Fernando Fernades
Legenda: Fernando foi vítima de um acidente de carro que o deixou paraplégico
Foto: Reprodução

Fernando Fernandes, além de novo apresentador do No Limite 2022, é um atleta da paracanoagem e ex-BBB. Após a participação no Big Brother Brasil 2, o paulistano de 40 anos voltou a aparecer na mídia sete anos depois, mas de forma trágica. Ele foi vítima de um acidente de carro que o deixou paraplégico.

Relembre acidente

Enquanto voltava para casa após um jogo de futebol, no dia 4 de julho de 2009, o ex-modelo internacional acabou dormindo ao volante. Na ocasião, ele estava sem o cinto de segurança, o que agravou o acidente.

O veículo colidiu com uma árvore na avenida República do Líbano, na zona sul de São Paulo. Por conta da grave colisão, Fernandes quebrou duas vértebras e perdeu o movimento das duas pernas.

"Com o meu corpo por fora não tinha acontecido nada. Eu me olhava e falava: 'Não tem nada, o que aconteceu aqui?'. Só que eu ainda não sabia que eu não estava sentindo as pernas", revelou o atleta em entrevista ao Esporte Espetacular, da Rede Globo, em 2010.

Cirurgia

O quadro de saúde Fernando ficou irreversível. Ele passou por uma cirurgia de descompressão da medula e fixação da coluna. Além disso, o atleta ainda passou por tratamentos intensivos.

Depois da recuperação no hospital, o ex-modelo quis retomar a vida por meio do esporte, quando decidiu entrar na paracanoagem. A dedicação de Fernando valeu a pena, pois ele se tornou campeão mundial e uma referência no esporte.

"O dia em que eu sentei em uma cadeira de rodas, tudo virou novo para mim. Eu virei uma criança sedenta por conhecimento, descobri novos caminhos. A sociedade criou o limite para aquele cara que está em uma cadeira de rodas, então eu falei: 'Não, não é esse o limite. Quem define o limite sou eu'", revelou ao Fantástico em uma reportagem exibida em março deste ano.

Ele é Tetracampeão Mundial de Paracanoagem, Tricampeão Panamericano, Tetracampeão Sul-americano e Tetracampeão  Brasileiro de Paracanoagem. 

De volta à TV Globo, ele apresentou em 2012 o quadro "Desafio sem limite", no programa "Esporte espetacular". O atleta também foi um dos apresentadores do Boletim Paralímpico nos Jogos Paralímpicos de Londres (2012), Rio (2016) e Tóquio (2021).