Camilla Uckers ganha ação por danos morais movida contra cirurgião plástico

Danilo Dias é acusado de erro médico após implante realizado na cearense, que culminou em uma infecção generalizada. Apesar da decisão, influenciadora disse que vai recorrer

Escrito por Renato Bezerra,

Zoeira
Camilla Uckers
Legenda: Camilla Uckers ganhou o processo judicial por danos morais e materiais que movia contra o cirurgião plástico Danilo Dias
Foto: Reprodução Instagram

A influenciadora digital cearense Camilla Uckers, 29, ganhou processo judicial por danos morais e materiais que movia contra o cirurgião plástico Danilo Dias.

O médico, que em dezembro de 2017 realizou um procedimento de implante de silicone nos glúteos de Uckers, foi acusado de erro médico após a cearense sofrer infecção e precisar retirar a prótese com urgência.

Diário do Nordeste entrou em contato com a clínica de Danilo Dias em Fortaleza, na tarde desta sexta-feira (10), mas a reportagem foi informada que ele está em viagem, sem data para retorno.

Na decisão, do último dia 3 de setembro, o juiz Cid Peixoto do Amaral Neto expõe que o problema sofrido por Camilla vai além de um mero aborrecimento, visto que o médico "efetuou uma cirurgia na requerida com a constatação em laudo técnico de que atuou com negligência e imperícia antes, durante e depois do evento cirúrgico, causando indiscutíveis situações de dor e sofrimento".

Conforme a sentença, Danilo Dias foi condenado a pagar indenização de R$ 30 mil à influenciadora por danos morais e de R$ 8 mil por danos materiais. A cearense pedia R$ 3 milhões. 

A defesa informou que vai recorrer. Em nota, o advogado Werner Feitosa - do escritório que representa a cearense -  disse estar satisfeito com o reconhecimento judicial. 

"O que importa destacar em todo o conglomerado processual, cível e criminal, ocorridos até o presente momento é que, na esfera cível, temos o reconhecimento por sentença (...) do peremptório e irrefutável erro médico cometido no caso, entretanto sem o alcance das expectativas pecuniárias, o que, contudo, não é o objetivo principal, visto que o âmago da questão é a justiça, em virtude das demais pessoas que passaram por situação semelhante a da Camila", diz o texto da defesa.

Absolvida de ação por calúnia

Em agosto deste ano, a cearense foi absolvida em processo por calúnia, injúria e difamação movido contra ela pelo cirurgião plástico. O médico foi à Justiça após a influenciadora ter exposto o caso nas redes sociais. 

Sequelas da cirurgia

Em entrevista ao Diário do Nordeste, a influenciadora afirma ter ficado com sequelas do procedimento. Entre elas, uma que atinge o nervo ciático. 

"Estou com a 'síndrome do pé caído'. Não tenho mais movimento do pé esquerdo como tinha antes. Eu ando mancando até hoje, não posso correr, não posso pular, e se eu andar muito de avião doí a perna", relata. 

Relembre o caso 

Camilla Uckers se operou no dia 12 de dezembro de 2017 em um hospital particular de Fortaleza. No mesmo dia, além do implante nas nádegas, ela fez uma rinoplastia e uma lipoaspiração. O procedimento, segundo ela, foi uma permuta, em troca de divulgação do trabalho do médico nas redes sociais.

A cearense conta que já saiu sentindo muitas dores e chegou a ficar com anemia profunda. Ao procurar o profissional, ela teria sido medicada e as dores passaram. No fim de dezembro, ela tirou os pontos da rinoplastia e informou ao cirurgião que tinha uma viagem de trabalho marcada para o Rio de Janeiro. 

Camilla voltou às pressas para Fortaleza e retirou as próteses no dia 6 de janeiro. Ela expôs a situação nas redes sociais e mostrou sua rotina de tratamentos e o quadro de saúde debilitado. A influenciadora declarou em entrevista ao Diário do Nordeste em julho deste ano que chegou a pesar 29 quilos na época. 

Atualmente, Camilla relata que “se sente bem melhor” e que as sequelas vão ficar, mas ela é uma pessoa bem mais saudável. Procedimentos estéticos estão fora de cogitação, frisa. 

“Não tenho mais complexo com meu corpo. Não pretende mais fazer cirurgia plástica, mas não condeno quem faz. Eu não tenho mais o desejo devido ao trauma que passei”, desabafa.

Assuntos Relacionados