Enem 2021 divulga gabarito oficial; veja como consultar

Mesmo com a disponibilização dos gabaritos, não é possível saber a nota no exame

Mãos seguram a prova do enem e o cartão-resposta da prova em branco
Legenda: Cerca de 2,1 milhões de alunos participaram das duas versões do exame, digital e impressa, nos dias 21 e 28 de novembro
Foto: Agência Brasil

Os candidatos que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 podem acessar os gabaritos oficiais das provas objetivas a partir desta quarta-feira (1º). Os estudantes podem conferir o documento, divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), através do site da instituição, na área de Provas e Gabaritos.

COMO CONSULTAR GABARITO DO ENEM

Para acessar o gabarito é preciso que o interessado selecione a aba "2021". Em seguida, é necessário escolher a cor do caderno de prova — azul, amarelo, branco, rosa, laranja e verde — correspondente ao recebido pelo candidato no dia da aplicação.

O participante deve ficar atendo ainda a modalidade do exame, que varia entre aplicação digital ou aplicação regular, além de superampliada, libras, libras superampliada e braile e ledor.  

TRI

É importante frisar que, mesmo com a disponibilização dos gabaritos, não é possível saber a nota no exame. Isso porque o Enem é corrigido com base na chamada teoria de resposta ao item (TRI), que considera, entre outros fatores, a coerência de cada estudante na própria prova.

Ou seja, se o candidato acertar questões difíceis, é esperado que acerte também as fáceis. Se isso não acontecer, o sistema entende que pode ter sido por chute. Então o aluno pontua menos que outro candidato que tenha acertado as mesmas questões com níveis mais altos, mas que também tenha acertado as fáceis.  

Resultado final

A previsão para a divulgação das notas finais das provas e da redação dos candidatos é dia 11 de fevereiro, conforme o Ministério da Educação (MEC). 

Ao todo, os estudantes responderam 180 questões de múltipla escolha sobre Linguagens e Códigos, Ciências Humanas, Ciências da Natureza e Matemática, além de terem dissertado sobre o tema "Invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil".

Abstenção alta

Cerca de 2,1 milhões de alunos participaram das duas versões do exame, digital e impressa, nos dias 21 e 28 de novembro — este é o menor número de inscritos desde 2004.

O Enem deste ano registrou uma abstenção de 29%, segundo o presidente do Inep, Danilo Dupas, revelou na segunda-feira (29). Apesar de o número ser menor que o do ano passado, que registrou 51,5% de abstenção, ainda é considerado alto, devido ao número de inscrições abaixo do normal. 

O exame é a principal porta de acesso ao ensino superior público, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), e privado, através do Programa Universidade Para Todos (ProUNI) e do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). 

Quero receber conteúdos exclusivos do EducaLab