Condições e vínculo de trabalho dos entregadores são objetos de discussão 

Para o juiz do trabalho e professor universitário, Konrad Saraiva, é difícil enquadrar os entregadores de aplicativos como autônomos ou não porque eles permanecem hoje em uma “zona cinzenta”