Oleosidade: como cuidar da pele em cada faixa etária?

Produtos têm de ser específicos para corresponder às necessidades da pele do rosto

Legenda: Com o passar do tempo, há uma menor produção de oleosidade e os cuidados dobram.
Foto: Helene Santos

As necessidades da pele do rosto mudam de acordo com a idade. As preocupações da mulher mais madura são diferentes de uma adolescente, por exemplo. A explicação é simples: com o passar do tempo, há uma menor produção de oleosidade, inclusive a natural, logo a face acaba perdendo elasticidade e hidratação, o que gera as temidas rugas.  

Esse processo tende a ocorrer especialmente quando a mulher atinge a menopausa, segundo a médica dermatologista Maria Genúcia Cunha. “Em certa idade, o ovário vai entrando em falência e com o déficit hormonal a pele do rosto muda e se torna mais seca”, explica. 

Por isso, o indicado para esse grupo é investir mais no quesito hidratação, especialmente nos produtos que contêm ácido hialurônico ou até vitamina C na composição. 

Controle da oleosidade na adolescência

Para os adolescentes, o mais adequado é o uso de produtos livres de óleo e aqueles que controlem a oleosidade. O mais indicado nesses casos, para a dermatologista Helena Rios, é que não seja aplicado nada sem prescrição médica, pois pode haver uma piora do quadro.  

Já a pele infantil deve evitar o contato com produtos para adultos, os quais tendem a conter mais ativos, e podem acabar por causar sensibilidade. 

“Uma criança deve usar produtos exclusivos para elas, já que normalmente não apresentam pele oleosa nem seca, é dita como normal e só começa a ter alterações depois da puberdade”, pondera Maria Genúcia.  

E os homens?

O caso dos homens é diferente,  já que eles não deixam de produzir nem o andrógeno nem a testosterona, hormônios responsáveis pela interação com a glândula sebácea - produtora do sebo - , logo eles tendem a ter uma pele mais oleosa. Desse modo, é fundamental o uso de produtos específicos para a pele masculina, com texturas mais finas e secas.  

Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?

Assuntos Relacionados