Morre o jornalista José Anderson Freire Sandes, ex-editor de cultura do Diário do Nordeste

Ele atuava como professor da Universidade Federal do Cariri (UFCA)

Escrito por Redação ,
Anderson Sandes atuou por 28 anos no Diário do Nordeste
Legenda: Anderson Sandes atuou por 28 anos no Diário do Nordeste
Foto: Francisco Sousa/Diário do Nordeste/Cedoc SVM

Morreu nesta segunda-feira (11) o jornalista e professor José Anderson Freire Sandes, de 69 anos, ex-editor de Cultura do Diário do Nordeste. O profissional faleceu por complicações de um câncer pulmonar.

Anderson era bacharel de Comunicação Social pelo Centro Universitário de Brasília e mestre em Letras pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Durante 28 anos, Anderson Sandes foi editor do Caderno 3 do Diário do Nordeste.

Anderson Sandes no lançamento do livro
Legenda: Anderson Sandes no lançamento do livro "Diálogos com Pedro Nava"
Foto: Cedoc SVM

Desde 2010, era professor da Universidade Federal do Cariri (UFCA). Na instituição, foi ainda coordenador de Comunicação Institucional de novembro de 2013 a outubro de 2016.

Em nota de pesar, o Sindicato dos Jornalistas no Ceará (Sindjorce) ressaltou a relevância de Anderson Sandes, "referência no jornalismo cearense". O profissional era suplente na delegacia regional do Sindjorce no Cariri e integrou a Comissão de Ética do Sindicato dos Jornalistas, entidade à qual era filiado há 40 anos.

No Instagram, o jornalista e professor Ronaldo Salgado homenageou o amigo. "Tenha Paz no sempre! Seu legado é imenso!", escreveu.

Amigos e familiares de Anderson Sandes vão prestar as últimas homenagens nesta terça-feira (12), no cemitério Jardim Metropolitano, em Fortaleza. O velório está marcado para as 8h, com missa às 10h e o sepultamento às 10h30.

Assuntos Relacionados
Ana Beatriz Caldas, Diego Barbosa e João Gabriel Tréz
12 de Abril de 2024