Exibição de curtas-metragens e realização de masterclass marcam o Cine Ceará nesta segunda (29)

Entre os destaques da programação do evento, estão as produções de Petrus e Bárbara Cariry e encontro virtual sobre a Jornada do Herói

Legenda: O curta "Foi um tempo de poesia" lança um olhar afetivo sobre Patativa do Assaré, padrinho do cineasta Petrus Cariry
Foto: Reprodução

Com início no último sábado (27), o 31º Cine Ceará - Festival Ibero-Americano de Cinema segue com programação gratuita e em formato híbrido até o dia 3 de dezembro. Nesta segunda-feira (29), o grande destaque vai para a exibição de curtas-metragens, debates com realizadores e realização de masterclass sobre a Jornada do Herói, recurso narrativo desenvolvido em todo o mundo.

As atividades começam de modo presencial no Hotel Plaza Praia Suítes, onde acontecerá debate com realizadores às 9h30, mediado pela jornalista e crítica de cinema Neusa Barbosa. No mesmo local, também haverá exibição das produções da Mostra Competitiva Brasileira de Curta-metragem. No catálogo, "O Durião proibido", de Txai.Ferraz; "Foi um tempo de poesia", de Petrus Cariry; e "Ausências", de Antônio Fargoni.

A Mostra Competitiva Ibero-Americana de Longa-Metragem igualmente será sediada no hotel, com exibição do documentário "Bosco", de Alicia Cano Menoni. O filme, uma coprodução entre Uruguai e Itália, apresenta a realidade de uma vila florestal italiana que, com apenas 13 habitantes, está voltando ao estado natural. Nesse panorama, Orlando, de 103 anos, conduz o público em uma viagem sobre a memória daquele lugar.

Legenda: "Pequenos Guerreiros", de Bárbara Cariry, integra a Mostra O Primeiro Filme a Gente Nunca Esquece
Foto: Priscila Smiths

Mostras e diálogos

No Cineteatro São Luiz, a partir das 14h, ganha a telona "Pequenos guerreiros", longa de estreia da cineasta cearense Bárbara Cariry. A obra integra a Mostra O Primeiro Filme a Gente Nunca Esquece e promete embarcar os espectadores numa ciranda de costumes, invenções e divertidas iluminações da infância.

Também no São Luiz, às 19h30, ocorre exibição de filme "Água e Resistência", dentro da programação do Prêmio Água e Resistência; os curtas "Encarnado" e "Chão de Fábrica", integrantes da Mostra Competitiva Brasileira de Curta-Metragem; e a ficção "Vacío", pela Mostra Competitiva Ibero-Americana de Longa-Metragem.

Por sua vez, no Cinema do Dragão, acontece a segunda sessão da Mostra Olhar do Ceará Curta-Metragem. A partir das 14h, serão exibidos: "Memória da memória", de Idson Ricart; "Boi Coração", de Marcelo Alves e Angela Gurgel; e "Zé Tarcísio, testemunha", de Delano Gurgel Queiroz. Após os filmes, como de costume, haverá debate com realizadores, mediado por Camila Osório.

Legenda: O cineasta Vicente Ferraz conduz a masterclass "Jornada do herói e uso da dramaturgia em documentários"
Foto: Divulgação

A programação virtual do evento envolve a MasterClass Jornada do herói e uso da dramaturgia em documentários, com o cineasta Vicente Ferraz, diretor de filmes como "A Estrada 47" (2013) e "O Estado do Mundo" (2007). O encontro é exclusivo para alunos da Rede Cuca.

As últimas atividades do dia serão exibidas na TVC, compondo a Mostra Olhar do Ceará Curta-Metragem. As produções são: "Memória da memória", de Idson Ricart; "Saudades dos Leões", de João Paulo Magalhães"; e "Sebastiana", de Cláudio Martins, baseado no livro "Ela tem olhos de céu", de Socorro Acioli, colunista do Diário do Nordeste.


Serviço
31° Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema
De 27 de novembro a 03 de dezembro. Formato presencial em Fortaleza, no Cineteatro São Luiz e no Cinema do Dragão. Formato virtual por meio do Canal Brasil, Canais Globo e Globoplay + Canais ao Vivo, TV Ceará e canal do Cine Ceará no YouTube. Mais informações no site, e-mail (contatos@cineceara.com) e nas redes sociais do evento (instagram e facebook)

Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?