Amigas lançam livro digital a partir da experiência do luto

"Substantivo Luto - Criações para recriar" reúne crônicas e fotografias de autoras que perderem suas mães vítimas de câncer

Esta é uma fotografia do projeto Substantivo Luto
Legenda: O projeto Substantivo Luto reúne crônicas e fotografias sobre a perda
Foto: Priscila Fulô

Transformar a dor de perder uma pessoa querida em crônicas ajudou as escritoras Ana Fernanda Souza e Mônica Santana a atravessarem o luto. Dessa experiência pessoal, as autoras criaram o projeto "Substantivo Luto - Criações para recriar", que lança um e-book, reunindo as crônicas que refletem sobre a vivência do luto. O material está disponível gratuitamente no site

Além das crônicas, o projeto também conta com uma série de fotografias de Priscila Fulô, irmã de Mônica, que também vivendo sua perda familiar, registrou o cotidiano com a ausência de sua mãe. Amigas, as três mulheres perderam as mães para o câncer num espaço próximo de tempo, em meio a pandemia. 

"Eu vi que a escrita poderia ser um lugar que poderia nos ajudar no entendimento dessa dor que a gente estava vivenciando e poderia contribuir também com outras pessoas, com o luto vivenciado por outras pessoas especialmente no ano como esse que a gente está tendo um número absurdo de pessoas falecendo", conta Mônica Santana. 

Emergiram desse sentimento as crônicas escritas pelas duas escritoras, que produziram textos que olham tanto para suas experiências pessoais e cotidianas, quanto para uma reflexão sobre a experiência do luto coletivo compartilhado por mais de 420 mil famílias brasileiras que perderam entes queridos para a Covid-19. 

Para lembrar

Para Mônica Santana, o Substantivo Luto nasce como uma necessidade de olhar para o luto como uma experiência da perda não para ser superada, para ser esquecida, mas para ser lembrada e lida como um ponto de passagem da vida. No livro, as autoras compartilham diferentes etapas do luto

"Pra gente, escrever e fotografar foi essa oportunidade de fazer uma transformação dessa dor. Criar a partir da dor. A gente acredita que para as pessoas que vão ler, que vão ver as imagens pode ser uma oportunidade de transformar as suas dores", acrescenta. 
Mônica Santana
escritora

No projeto, Fernanda, Mônica e Priscila retornam às casas de suas mães, seus lares de infância, para descortinar os dias de ausência, observar os objetos e lugares que antes eram preenchidos com a sua presença, em um processo de cuidar dessa dor, para depois viver e conviver com esses espaços repletos de memórias

“É um livro sensível, mas não é um livro que vá para uma escrita ou para imagens que fiquem para um lugar de uma tristeza muito grande.  A gente procura inclusive lembrar das nossas pessoas com alegria. Enxergar esse cotidiano que também é povoado dessas lembranças e de pequenas alegrias. Nessas alegrias, nessas memórias, a gente vai se refazendo”, finaliza.

Serviço

Substantivo Luto - Criações para recriar

Livro digital "Substantivo Luto" disponível gratuitamente para download no site. Booktrailer disponível no YouTube

Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?