Brasil recebe 1,5 milhão de doses da vacina contra Covid-19 da Janssen, de dose única

É o primeiro lote do contrato de 38 milhões de doses que chega ao país

Chega ao Brasil voo com doses da vacina da Janssen
Legenda: Voo com 1,5 milhão de doses da vacina contra Covid-19 da Janssen chega ao Brasil
Foto: Reprodução/TV Globo

O Brasil recebeu, na manhã desta terça-feira (22), 1,5 milhão de doses da vacina contra Covid-19 da Janssen. O voo chegou por volta de 9h, no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo.

A chegada das doses foi anunciada na segunda-feira (21), pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. A vacina é aplicada em dose única, o que possibilita uma imunização mais rápida. 

A previsão inicial era que seriam entregues 3 milhões de doses na última terça-feira (15).  A data, porém, foi adiada e a nova previsão passou a ser quarta-feira (16), o que também não ocorreu.

Segundo o secretário-executivo da Saúde, Rodrigo Cruz, a pasta está em negociações para receber doses adicionais do imunizante. 

Distribuição do Brasil

O Brasil tem contratos para obter 38 milhões de doses da Janssen neste ano. As entregas, porém, estavam previstas para ocorrer apenas entre julho e dezembro.

O Ministério da Saúde disse que pretendia acelerar a distribuição de doses caso recebesse a vacina mais cedo. O plano inicial era enviar as doses às capitais, mas alguns estados, como o Ceará, disseram que pretendem distribuí-las para mais cidades.

Vacina contra Covid-19 da Janssen
Legenda: Brasil recebeu 1,5 mihão de doses da vacina da Janssen
Foto: AFP

O Brasil já utiliza as vacinas Coronovac, da Pfizer e de Oxford/AstraZeneca no plano de imunização. A da Janssen é a única que só precisa de uma dose. 

Por falta de imunizantes, as cidades de São Paulo, Florianópolis, Aracaju e Campo Grande e João Pessoa suspenderam a aplicação da primeira dose, nesta terça-feira (22), e mantiveram apenas a oferta da segunda dose.

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil