Total de 1,5 milhão de doses da vacina Janssen contra a Covid-19 chega ao Brasil nesta terça (22)

Ainda na semana passada, a previsão era de que três milhões fossem enviadas, mas expectativa não se concretizou

Dose da vacina da Janssen sendo administrada por profissional da saúde
Legenda: Doses da vacina chegam durante a manhã de terça-feira (22), em São Paulo
Foto: Christophe Simon/AFP

O total de 1,5 milhão de doses da vacina da Janssen deve chegar ao Brasil na manhã desta terça-feira (22). O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, nesta segunda (21).

O titular da pasta fez declaração durante a audiência pública na Comissão Temporária da Covid-19 no Senado. Segundo ele, a carga inicial previa três milhões de doses ainda na semana passada, fato que não se concretizou.

"Em relação à vacina da Janssen, essas vacinas estavam previstas no nosso calendário para o último trimestre do ano. Eram 38 milhões de doses", disse Queiroga no início do discurso.

O ministro também pontuou que o carregamento de 1,5 milhão de doses deve chegar pelo aeroporto de Viracopos, em São Paulo. "São vacinas úteis, como as outras, mas essa é uma dose única que permite uma imunização mais rápida", continuou.

Novas negociações

Ainda assim, conforme declarou o secretário-executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz, mais doses estão em negociação.

"Esse quantitativo que o ministro indicou, de 1,5 milhão de doses, estamos trabalhando ainda para tentar algumas confirmações ainda essa semana para doses adicionais desse novo imunizante", relatou.

Remessa atrasada

Ainda na semana passada, o Ministério da Saúde anunciou que as três milhões de doses previstas com o adiantamento não seriam entregues como previsto. 

A previsão inicial era de que as doses chegassem na última terça-feira (15). A data, porém, foi adiada e a nova previsão passou a ser quarta-feira (16), o que também não ocorreu.

Distribuição do Brasil

O Brasil tem contratos para obter 38 milhões de doses da Janssen neste ano. As entregas, porém, estavam previstas para ocorrer apenas entre julho e dezembro.

O Ministério da Saúde disse que pretendia acelerar a distribuição de doses caso recebesse a vacina mais cedo. O plano inicial era enviar as doses às capitais, mas alguns estados, como o Ceará, disseram que pretendem distribuí-las para mais cidades.

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil