'Teu estado é o cacete', dispara Bolsonaro após Doria prever exigência de passaporte vacinal em SP

Declaração do presidente aconteceu durante evento no Palácio do Planalto, nesta quinta-feira (9)

Bolsonaro com semblante sério em foto de baixo para cima
Legenda: Nesta quinta, o governo federal publicou uma portaria estabelecendo novas regras de entrada no Brasil
Foto: Marcos Corrêa/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (PL) reagiu com xingamento ao recente anúncio do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), de que adotará o passaporte da vacina no Estado, caso o Governo Federal não implemente a exigência a passageiros que entrarem País até o dia 15. As informações são do O Globo

Durante evento no Palácio do Planalto, nesta quinta-feira (9), o presidente citou um projeto de lei aprovado em Rondônia que proíbe a exigência do comprovante de vacinação contra a Covid-19. Em seguida, conforme O Globo, Bolsonaro mencionou outro gestor - sem nomear.

"Outro governador, aqui da região Sudeste, quer fazer o contrário. E ameaça: 'ninguém vai entrar no meu estado…'. Teu estado é o cacete, porra", xingou o presidente.

VEJA VÍDEO DA DECLARAÇÃO:

Embora a medida prevista por João Doria receba apoio de sanitaristas, ela pode esbarrar em questões jurídicas, tendo em vista que o Executivo federal é o responsável por fiscalizar as fronteiras.

Novas regras

Nesta quinta, o Governo Federal publicou uma portaria estabelecendo novas regras de entrada no Brasil.

Brasileiro ou estrangeiro que chegar do exterior por via área é obrigado a apresentar um comprovante de vacinação contra a Covid e um teste negativo para a doença.

O comprovante de vacinação pode ser dispensado somente se o viajante fizer uma quarentena de cinco dias, após chegar ao País.