PL Ceará fará reunião com bolsonaristas sobre disputa entre vereadores e de pré-candidatos ao Senado

Presidente Acilon Gonçalves deve intermediar impasses no partido

Prefeito Acilon na tribuna da Câmara de Fortaleza
Legenda: Partido de Bolsonaro é dividido entre base e oposição ao governo Sarto (PDT)
Foto: Érika Fonseca/CMFor

Parlamentares bolsonaristas marcaram para a próxima quarta-feira (18) uma reunião com o presidente estadual do PL, Acilon Gonçalves, para debater a polêmica sobre liderança do partido na Câmara Municipal de Fortaleza e discutir pré-candidatura ao Senado Federal.

De acordo com o vereador suplente em exercício Dudu Diógenes, será realizado um almoço com o presidente estadual, com a presença também do deputado federal Dr. Jaziel, dos estaduais André Fernandes, Dra. Silvana e Delegado Cavalcante, além dos vereadores de Fortaleza Priscila Costa, Carmelo Neto e Insperto Alberto, atualmente licenciado.

O encontro deverá tratar de dois temas que têm causado impasses no PL. Na Câmara Municipal da Capital, a ala bolsonarista articula para destituir a vereadora Ana do Aracapé, que integra a base do prefeito José Sarto (PDT), do comando da bancada.

Ainda na terça-feira (10), houve uma tentativa de colher assinaturas para executar a troca de comando. O vereador Pedro Matos, no entanto, apesar de compor o grupo de oposição, não endossou a manobra e fez com que o grupo não atingisse a maioria de apoio. 

A expectativa é de que o impasse seja decidido junto ao Diretório Estadual do PL já na semana que vem. 

Em entrevista na terça-feira (10), a atual líder da bancada havia afirmado que via "com estranheza" a investida dos colegas de partido e disse que Dudu Diógenes estava "de olho no tempo de liderança para usar a tribuna". Desde então, a vereadora não se manifestou sobre a situação ao ser procurada pelo Diário do Nordeste.

Disputa por vaga ao Senado

O encontro servirá ainda para debater a candidatura do PL ao Senado Federal. Disputam a indicação o vereador Inspetor Alberto, o empresário Bardawil e o pastor Francisco. 

Internamente, há três pré-candidaturas apresentadas: o empresário Alberto Bardawil, o vereador Inspetor Alberto e o pastor Francisco Fernandes. 

Bardawil lançou a pré-candidatura no final de abril. Ele conta com o apoio da médica Mayra Pinheiro (PL), ex-secretária do Ministério da Saúde. 

Parte do PL, no entanto, tem se mobilizado em torno de Inspetor Alberto, como André Fernandes e Carmelo Neto. Cogita-se ainda atrelar a candidatura de Francisco Fernandes à do vereador, como suplente, atraindo a base evangélica.

O presidente do partido tem se manifestado pela avaliação de desempenho dos nomes até a convenção que homologará a chapa.

"O PL Ceará tem três pré-candidatos: Inspetor Alberto; José Bardawil; e Pastor Francisco Fernandes. Três pré-candidaturas legítimas e que dependendo do desempenho e da aceitação popular pré convenção, qualquer uma delas poderá ser a escolhida na convenção partidária", disse Acilon.