Joice Hasselmann diz que suspeito de suposto atentado tem acesso ao prédio em Brasília

A parlamentar sofreu graves lesões no último domingo. Ainda não se sabe o que ocorreu, mas as possibilidades são queda ou atentado

Joice Hasselmann
Legenda: Joice Hasselmann acionou a Polícia Legislativa por acreditar ter sofrido um atentado
Foto: Reprodução Instagram

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) disse que forneceu à Polícia os nomes de dois suspeitos a serem investigados caso seja confirmado o atentado contra ela no último domingo (18). Um deles tem acesso direto ao prédio do seu apartamento funcional, em Brasília, onde sofreu as lesões.

As informações foram dadas em entrevista ao jornal Correio Braziliense. “Eu dei dois nomes à polícia. São desconfianças, mas eu não vou acusar, pois são casos recentes. Eu passei para a polícia, e eles vão investigar”, disse. 

Joice explicou que "todos os parlamentares e motoristas já têm os carros cadastrados e entram direto" no imóvel. 

“Uma delas (das duas pessoas citadas), não diretamente, mas mandou recados indiretos. Tem acesso muito fácil aqui ao prédio. E a outra é o óbvio ululante. São pessoas que estão me ameaçando sempre e nem têm vergonha, me ameaçam publicamente nas redes sociais”, completou. 

A parlamentar relata ter acordado no chão do quarto, com fraturas no rosto e no corpo. Inicialmente, ela acreditou se tratar de uma queda. Mas, após receber os exames que mostram seis lesões na face e uma na costela, começou a cogitar um atentado.

Em entrevista ao Correio Braziliense, contudo, a parlamentar não descartou a possibilidade de um acidente

"Mas não é impossível que tenha acontecido isso (acidente). Porém, como é pouco provável, decidimos pedir a investigação. Até porque não é de hoje que sofro ameaças de morte. E a minha lista de desafetos políticos dá para fazer de ordem alfabética", disse. 

A hipótese é de que uma pessoa tenha entrado no imóvel para agredi-la. Joice afirma que não pode ter sido um caso de violência doméstica. O marido dela, o neurocirurgião Daniel França, dormia em outro quarto no dia do suposto atentado. 

Joice Hasselmann com fraturas e hematomas no corpo
Legenda: Joice relatou o caso na sexta-feira (23), cinco dias após as fraturas diagnosticadas
Foto: reprodução

Entenda o caso Joice

A deputada disse que sua última lembrança da noite de sábado (17) era de estar assistindo a uma série.

Quando acordou, estava envolta por uma poça de sangue no chão do closet, com os hematomas fraturas, além de um dente quebrado e queixo cortado.

Após acordar, contou ter ligado ao marido, que a socorreu. A parlamentar diz ter feito exames na terça-feira (20), em Brasília, que constataram as lesões.

Joice Hasselmann falou ter informado o caso ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), que colocou o Depol à disposição.

Em nota divulgada na sexta-feira (23), a assessoria de imprensa dela afirmou  que "os médicos descartaram a possibilidade de uma queda acidental".

"A parlamentar está medicada, amparada e se restabelecendo rapidamente. A expectativa, no momento, é que não seja necessária cirurgia por conta das fraturas", concluiu a nota.