Joice Hasselmann nega ter sido agredida pelo marido: 'é muito mais fácil eu dar uma sova nele'

Parlamentar está com fraturas no rosto e no corpo, mas não lembra o que aconteceu

Joice Hasselmann
Legenda: Joice Hasselmann acionou a Polícia Legislativa por acreditar ter sofrido um atentado
Foto: Reprodução Instagram

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) nega que tenha sigo agredida pelo marido, o neurocirurgião Daniel França. A informação é da colunista Bela Megale, do jornal O Globo

As atenções se voltaram para ele nas redes sociais após relato de um acidente ainda inexplicável sofrido pela parlamentar, no domingo (18). Ela não se lembra o que aconteceu e acionou a Polícia Legislativa por acreditar ter sofrido um atentado

Para Hasselmann, no entanto, a versão passou a ser a dita para “criar uma cortina de fumaça para que não se descubra a verdade” sobre o que aconteceu. 

"Estão tentando desviar o foco e colocar o meu marido em suspeição. Quem me conhece e conhece o Daniel sabe que é muito mais fácil eu dar uma sova nele do que ele ousar levantar a mão para mim", disse ela à coluna.

Daniel França

"Meu marido é o tipo de homem que puxa a cadeira para eu me sentar, abre a porta do carro e me espera na porta de casa com uma taça de champanhe. Ele é um príncipe, incapaz de dar um tapinha no meu gato para assustá-lo", enfatiza Joice. 

Conforme a deputada, o marido foi a primeira pessoa a socorre-la, exigindo que ela fizesse tomografias para identificar as lesões.

"É uma canalhice tentarem envolvê-lo nesse episódio. Isso tem um intuito de criar uma cortina de fumaça para que não se descubra a verdade. Não vou permitir. Se (o agressor) fosse meu marido, filho, pai ou irmão, eu teria denunciado e colocado na cadeia. Qualquer um que me conhece minimamente sabe disso", conta.

Fraturas

Em nota, a assessoria de imprensa dela afirmou que a deputada federal acordou "já caída no chão do corredor, entre o quarto e o banheiro, com o rosto em uma poça de sangue, sem saber exatamente o que aconteceu".

Os exames, conforme o comunicado, constataram traumas no joelho, na costela, no ombro e na nuca, além de cinco fraturas no rosto e uma na coluna. "Os médicos descartaram a possibilidade de uma queda acidental", continua a nota.

"A parlamentar está medicada, amparada e se restabelecendo rapidamente. A expectativa, no momento, é que não seja necessária cirurgia por conta das fraturas".

INVESTIGAÇÃO

Segundo a assessoria de imprensa, o Departamento de Polícia Legislativa foi acionado e investiga o caso. Procurado pela reportagem, o Depol não respondeu.

"Não vou acusar meus detratores e quem já me ameaçou de morte. Mas é impossível tantas fraturas com uma simples queda", afirmou Joice ao jornal O Globo.

LEMBRANÇA DA NOITE ANTERIOR

A deputada disse que sua última lembrança da noite de sábado era de estar assistindo a uma série.

Quando acordou, estava envolta por uma poça de sangue no chão do closet, com os hematomas fraturas, além de um dente quebrado e queixo cortado.

Após acordar, contou ter ligado ao marido, que a socorreu. A parlamentar diz ter feito exames na terça-feira (20), em Brasília, que constataram as lesões.

Joice Hasselmann falou ter informado o caso ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), que colocou o Depol à disposição.