João Doria decide renunciar ao governo de SP e irá disputar Presidência da República

Decisão foi anunciada na tarde desta quinta-feira (31)

Escrito por Redação,

PontoPoder
Perfil de Joao Doria
Legenda: João Doria deve ter o nome oficializado como candidato nesta quinta-feira (31)
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O governador de São Paulo, João Doria, renunciou ao cargo e anunciou que será candidato à Presidência da República em 2022. A decisão foi tomada após carta da direção do PSDB e foi anunciada nesta quinta-feira (31).

Aliados de Doria teriam afirmado, conforme o colunista Igor Gadelha, do Metrópoles, que a sinalização do político sobre uma possível desistência da disputa tinha como objetivo receber um gesto do PSDB garantindo a candidatura.

A garantia, então, teria sido estabelecida na carta enviada por Bruno Araújo, presidente nacional do partido, nesta tarde. O líder tucano reafirmou que Doria seria o candidato da sigla ao cargo

"As prévias serão respeitadas pelo partido. O governador tem a legenda para disputar a Presidência da República. E não há nem haverá qualquer contestação à legitimidade da sua candidatura pelo partido", disse Araújo no documento. 

Pressão de ala do PSDB

Uma ala do PSDB estaria pressionando Doria para que ele desistisse da candidatura, em parte por conta do baixo desempenho nas pesquisas de intenção de voto ao Planalto.

Um dos nomes cotados seria o do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite.