Concurso da AL-CE será em novembro e presidente avalia novo certame até 2022

Evandro Leitão afirmou que provas do edital lançado em março de 2020 devem ser realizadas em novembro deste ano

Escrito por Luana Barros, luana.barros@svm.com.br

PontoPoder
Evandro Leitão
Legenda: Presidente da Assembleia Legislativa anunciou nova data para concurso da Casa
Foto: José Leomar

Após ser adiado por causa da pandemia de Covid-19, o concurso da Assembleia Legislativa do Ceará tem novo prazo para a realização. Segundo o presidente da Casa, Evandro Leitão (PDT), as provas devem ser agendadas para a segunda quinzena de novembro deste ano. Evandro Leitão anunciou que pretende ainda realizar outro certame até o final da gestão, em dezembro de 2022. 

As declarações foram feitas em entrevista exclusiva ao programa PontoPoder, nesta terça-feira (13). 

O edital do concurso foi lançado em março de 2020, ainda durante a presidência de José Sarto (PDT), atual prefeito de Fortaleza, para ocupação de 100 vagas na Assembleia Legislativa. Contudo, com o registro dos primeiros casos de Covid-19 no Estado, houve o adiamento da realização das provas. 

"Este ano, conversamos com a empresa que vai realizar o concurso e definimos que, na segunda quinzena do mês de novembro, estaremos fazendo esse concurso".
Evandro Leitão
Presidente da Assembleia Legislativa

Além disso, ele anunciou que outro concurso deve ser realizado pelo legislativo estadual. "Nós pretendemos fazer um novo concurso até o final da gestão", afirma. Leitão fica à frente da Casa até dezembro de 2022

Atuação durante a pandemia 

O presidente da Assembleia Legislativa também fez um balanço das ações dos deputados estaduais durante a crise sanitária. O legislativo estadual foi o primeiro, após as medidas de isolamento social, a retomar os trabalhos legislativos de forma remota - ainda em março de 2020. 

"Os trabalhos aqui não foram paralisados. Inclusive, tivemos uma produção legislativa ainda maior", ressalta. Evandro Leitão destaca a aprovação de projetos de lei de enfrentamento da pandemia no âmbito estadual. 

Entre as propostas citadas, está a isenção de água e energia proposta pelo Governo do Ceará, além do vale gás e da distribuição de alimentação para os estudantes da rede pública de ensino durante o período de suspensão das aulas presenciais. 

"Foram pautas importantes e impactantes. Todas impactaram diretamente no bolso das pessoas. A pandemia, além de ter trazido um problema sanitário e de saúde, também trouxe um problema socioeconômico", aponta.

Com a fome se tornando uma realidade para um número cada vez maior de cearenses, deputados estaduais também aprovaram projeto de resolução da Mesa Diretora autorizando a Assembleia Legislativa a adquirir, mensalmente, 10 mil cestas básicas para distribuir para municípios cearenses

A distribuição atenderá dez cidades diferentes a cada mês, a partir do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) da localidade. "A Assembleia está de alguma forma contribuindo para amenizar as dores dos irmãos e irmãs cearenses", afirma. 

Eleição de 2022

Evandro Leitão também comentou sobre as movimentações eleitorais visando o pleito do próximo ano. Em 2022, será a primeira vez que a disputa por uma cadeira na Assembleia Legislativa do Ceará não permitirá coligações partidárias. 

"Sem dúvida, vai haver uma movimentação por parte de deputados saindo de um partido e indo para outro. Mas não agora, porque a janela se abrirá em março de 2022". 
Evandro Leitão
Presidente da AL-CE

Um processo que deve fortalecer algumas legendas, acredita Leitão. "Aqueles partidos que sempre tiveram uma vida orgânica, uma ligação maior com suas bases, sairão fortalecidos", argumenta. 

 

Assuntos Relacionados