Saiba quais são as empresas cearenses listadas em Bolsa de Valores

O Estado conta com oito companhias listadas em Bolsa, sendo seis no Brasil e uma nos Estados Unidos

Legenda: Nos últimos dois anos, quatro empresas cearenses fizeram IPO e uma já está na fila para abertura
Foto: Nelson Almeida

Com a abertura de capital da Aeris Energy, o Ceará passa a contar com oito empresas com ações listadas na bolsa de valores. E a expectativa é de que no próximos meses a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) lance suas ações no mercado.

Das empresas cearenses listadas, sete são negociadas na B3, antiga Bovespa, e uma na Nasdaq, segunda maior bolsa do mundo, sediada em Nova York.

LISTA: CONFIRA AS EMPRESAS CEARENSES COM CAPITAL ABERTO

  • M. Dias Branco

Data do IPO: 18/10/2006
Setor: Alimentos diversos
Valor de mercado: R$ 11,31 bilhões
Valorização desde o IPO: 368%
Código da ação: MDIA3
 

  • Hapvida

Data do IPO: 25/4/2018
Setor: Serviços médico-hospitalares
Valor de mercado: R$ 51,15 bilhões
Valorização desde o IPO: 143%
Código da ação: HAPV3

  • Arco Educação*

Data do IPO: 26/09/2018
Setor: Educacional
Valor de mercado: US$ 2,22 bilhões
Valorização desde o IPO: 77%
Código da ação: ARCE
*Ação negociada na bolsa norte americana Nasdaq

  • Pague Menos

Data do IPO: 2/9/2020
Setor: Medicamentos e outros Produtos
Valor de mercado: R$ 3,75 bilhões
Valorização desde o IPO: -19%
Código da ação: PGMN3

  • Aeris Energy

Data do IPO: 11/11/2020
Setor: Bens de capital
Código da ação: AERI3

  • Grendene**

Data do IPO: 29/10/2004
Setor: Calçados
Valor de mercado: R$ 7,25 bilhões
Valorização desde o IPO: -30%
Código da ação: GRND3
**Fundada no Rio Grande do Sul em 1971, a empresa mudou sua matriz para Sobral na década de 1990

Empresas públicas de capital aberto sediadas no Ceará:

  • Banco do Nordeste

Registro de IPO 20/7/1977
Setor: Financeiro
Valor de mercado: R$ 5,62 bilhões
Código da ação: BNBR3

  • Coelce (Enel Ceará)***

Registro de IPO: 13/6/1995
Setor: Distribuição de Energia Elétrica
Valor de mercado: R$ 5,03 bilhões
Código da ação: COCE3
***A Coelce, que hoje pertence ao Grupo Enel, era empresa pública quando abriu o capital
Fonte: Pesquisa direta e B3

Histórico

Embora o Banco do Nordeste e a Coelce, empresas públicas sediadas no Ceará, já tenham um longo histórico na bolsa, com ações negociadas a partir de 1977 e 1995, respectivamente, foi a M. Dias Branco, líder nacional de massas e biscoito, que, em 2006, abriu caminho para as empresas cearenses no mercado de capitais.

Após a M. Dias Branco, foi a vez de o Grupo Hapvida ingressar na Bolsa, em abril de 2018. Em setembro do mesmo ano, a Arco Educação, do Sistema Ari de Sá, lançou suas ações na Nasdaq. E, em 2020, outras duas empresas cearenses fizeram IPO, a Pague Menos, em setembro, e a fabricante de pás eólicas Aeris Energy, em novembro.

“As empresas nascidas na região vêm se organizando e vêm observando a possibilidade de crescimento e de alavancagem através do mercado de capitais. É uma mudança de paradigma na concepção dos empresários, na maioria de grupos familiares, e a transição para as novas gerações”, diz Ricardo Coimbra, presidente do Conselho Regional de Economia Ceará (Corecon-CE). “Esse processo aconteceu no grupo Dias Branco, no grupo Hapvida, no grupo Ari de Sá, com a Arco Educação, e agora com o Grupo Pague Menos, do Deusmar (Queirós) para o Mário (Queirós)”.

Coimbra avalia que esse processo deverá fomentar tanto a expansão dos grupos locais como a atração de novos investimentos na região, inclusive investimentos estrangeiros. “Como já ocorreu com a Arco Educação e a Pague Menos, esse fortalecimento das empresas regionais abre uma perspectiva da atração de fundos de private equity para as nossas empresas”.

Perfil dos investidores cearenses

Em 2020, o número de investidores cearenses mais do que dobrou, passando de 30,1 mil, o início de janeiro, para 60,9 mil no final de outubro, um crescimento de 102%. Deste total, 46,2 mil investidores são homens e 14,7 mil mulheres.
 
Apesar desta diferença, o número de  mulheres cadastradas na B3 aumentou 136% ao longo do ano, enquanto o número de homens aumentou 93%. Ao todo, os investidores cearenses tinham, no final de outubro, R$ 3,88 bilhões em ações, o equivalente a 1,02% do valor total investido no Brasil.
 
Quantidade de CPFs cadastrados e valor investido:
Homens: 46.200 (R$ 3,05 bilhões)
Mulheres: 14.703 (R$ 0,83 bilhões)
Total: 60.903 (R$ 3,88 bilhões)
Fonte: B3 (dados de 20/10/2020)
 
Entenda a Oferta pública Inicial (IPO)

A oferta pública inicial é o evento que marca a primeira venda de ações de uma empresa e, posteriormente, o início de negociação dessas ações em bolsa de valores. Essa operação pode ocorrer por meio de uma distribuição primária, de uma distribuição secundária ou de uma combinação entre as duas.

Na distribuição primária, a empresa emite e vende novas ações ao mercado. No caso, o vendedor é a própria companhia e, assim, os recursos obtidos na distribuição são canalizados para o caixa da empresa. 

Já em uma distribuição secundária, quem vende as ações é o empreendedor e/ou algum de seus atuais sócios. Portanto, são ações já existentes que estão sendo vendidas. Como os valores arrecadados irão para o vendedor, ele é que receberá os recursos, e não a empresa.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios

Assuntos Relacionados