INSS inicia hoje (25) pagamento da segunda parcela do 13º salário; veja quem recebe

Os primeiros a receber são os beneficiários com cartão cujo dígito final é 1

Escrito por Redação,

Negócios
Legenda: No dia 1º de junho, a segunda parcela do benefício será paga aos que recebem mais de um salário mínimo. Os depósitos serão finalizados no dia 7 de junho
Foto: Fabiane de Paula

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começa a pagar nesta quarta-feira (25) a segunda parcela do 13º salário de aposentados, pensionistas e outros beneficiários. Os pagamentos começam hoje para quem recebe até um salário mínimo.

Os primeiros a receber são os beneficiários com cartão cujo dígito final é 1. Amanhã é a vez dos que possuem cartão com final 2.

Veja o calendário da 2ª parcela:

  • Final do NIS 1

25 de maio

  • Final do NIS 2

26 de maio

  • Final do NIS 3

27 de maio

  • Final do NIS 4

30 de maio

  • Final do NIS 5

31 de maio

  • Final do NIS 6

1 de junho

  • Final do NIS 7

2 de junho

  • Final do NIS 8

3 de junho

  • Final do NIS 9

6 de junho

  • Final do NIS 0

7 de junho

Benefícios acima de um salário

No dia 1º de junho, será a vez de quem recebe acima de um salário mínimo. Os depósitos serão finalizados no dia 7 de junho.

Veja o calendário da 2ª parcela:

  • Final do NIS 1 e 6

1º de junho

  • Final do NIS 2 e 7

2 de junho

  • Final do NIS 3 e 8

3 de junho

  • Final do NIS 4 e 9

6 de junho

  • Final do NIS 5 e 0

7 de junho

Valores

No País, mais de 36 milhões de pessoas têm direito a benefícios do INSS, sendo que mais de 60% recebem um salário mínimo.

Os beneficiários cujo benefício é de um salário, o piso passou para R$ 1.212 no início deste ano. Os aposentados e pensionistas que recebem benefícios acima do salário mínimo tiveram reajuste de 10,16% no benefício. O teto passou de R$ 6.433,57 para R$ 7.087,22.

Como consultar

É possível consultar o benefício do INSS através da central de atendimento por telefone, no número 135. O atendimento está disponível de segunda a sábado, das 7h às 22h. Também é possível fazer a consulta pelo site Meu INSS e pelo aplicativo Meu INSS, disponível para Android e iOS.