Curso reúne liderança e harmonia

Escrito por Redação,

Negócios
Será traçado um paralelo entre as técnicas e estratégias utilizadas para liderar orquestras e empresas

O que uma orquestra, uma empresa, uma indústria, têm em comum? Que relação pode ser traçada entre ambas, que revele as singularidades entre a regência de um concerto e a gestão do "chão de fábrica", de um negócio empresarial? Sob o ponto de vista da musicalidade, de fato, parece que nada. Mas sob a ótica da organização, da integração entre os instrumentistas, da criatividade, inovação e liderança na condução dos acordes e dos agentes; as estratégias para se conduzir uma e outra se afinam perfeitamente e exigem, de seus gestores, harmonia, ritmo e sincronismo em sua condução.

Vice-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação da Unifor, Lília Sales: novo conceito em educação

A comparação é do maestro Ricardo Calderoni que, juntamente com o também maestro Roberto Tibiriçá, ministrarão nos dias 21 e 22 de agosto próximo, na Universidade de Fortaleza (Unifor), o curso "A arte da liderança: uma visão orquestral da empresa". Consagrados internacionalmente, eles traçarão um paralelo entre as técnicas e estratégias utilizadas para liderar orquestras e empresas, tendo em vista a complexidade e o dinamismo gerencial que tais organismos exigem nos dias atuais.

Ferramentas

O curso é mais ferramenta inovadora, mais uma iniciativa da área de Pós-Graduação da Unifor que, há dois anos, vem remodelando a grade curricular, o "modus operandi", mas sobretudo o conceito de gestão que os cursos de pós-graduação e os MBAs da instituição estão oferecendo aos alunos. A estratégia, explica a vice-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação da Unifor, Lília Maia de Morais Sales, é aproximar e integrar os estudantes graduados à realidade, ao dia a dia das empresas, das corporações e até mesmo dos novos modelos da gestão pública.

Além do conteúdo teórico e acadêmico, acrescenta Lília Morais, nas aulas, "os alunos desenvolvem ações práticas e projetos, debatem e apontam soluções para os problemas vivenciados no cotiano das empresas, organizações e governos, em âmbito local, regional e nacional".

Os maestros Roberto Tibiriçá e Ricardo Calderoni são os convidados da Unifor para expor suas experiências nas áreas de liderança e gestão fotos: divulgação

Conceito

Conforme explica Lília Sales, para o exercício do novo conceito da educação executiva da Unifor, "Líderes que Transformam", os professores são selecionados entre os profissionais renomados do mercado corporativo e habilitados a adotarem metodologias que instiguem a persuasão, a motivação empresarial e empreendedora, a interação, a criatividade e, sobretudo, a liderança nas organizações. "Os graduados de hoje serão, em breve, os futuros gestores empresariais e das cidades", acrescenta o coordenador do Escritório de Gestão, Empreendedorismo e Sustentabilidade da Unifor, Rogério Nicolau. "Hoje é importante estendermos nossos conhecimentos para além dos "muros" da universidade, a partir de um olhar mais humano, mais consciente e sustentável do mundo", destaca Nicolau.

Além dos estudos de casos de empresas nacionais e internacionais, uma parceria da Unifor com universidades estrangeiras vem permitindo oferecer aos alunos novas experiências, visões, posturas e soluções exercitadas por lideranças mundiais nas áreas de gestão e educação.

Lilia Sales cita como exemplos, as parcerias celebradas pela Unifor com a Universidade de Columbia, de Nova York, e com a Wharton School, da Universidade da Pensilvânia, também nos Estados Unidos.

Mais informações:
As inscrições podem ser feitas na Pós-Graduação Educação Corporativa. Fone: 3477-3117