Congresso Nacional aprova salário mínimo de R$ 1.210 para 2022; proposta vai à sanção presidencial

Alta de 10% no valor se deve à alta da inflação, que disparou neste fim de ano

Escrito por Diário do Nordeste e Agência Senado ,

Negócios
nota 50 reais, nota de 10 reais e moeda de 1 real
Legenda: A aprovação do orçamento foi nesta terça
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Durante sessão que aprovou o Orçamento de 2022 no fim da noite dessa terça-feira (21), o Congresso Nacional também estabeleceu o salário mínimo de 2022 em R$ 1.210. Originalmente, o montante aumentaria para de R$ 1.100 para R$ 1.169.

A mudança, um reajuste de 10%, é em face da alta da inflação. A meta para a taxa básica de juros Selic foi ininterruptamente elevada desde março de 2021, quando estava no patamar mínimo histórico de 2%, até atingir 9,25% na última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do ano de 2021.

O projeto segue para sanção presidencial. O Orçamento da União foi aprovado por senadores por 51 votos a 20; já os deputados federais passaram o PLN 19/2021 por 358 votos favoráveis a 97 contrários. 

Orçamento

O Congresso Nacional aprovou que o programa Auxílio Brasil, que substitui o Bolsa Família, terá R$ 89 bilhões. 

O fundo eleitoral vai repartir R$ 4,9 bilhões. A área da Saúde terá mais de R$ 147 bilhões e a Educação, mais de R$ 113 bilhões.

O relator-geral, Hugo Leal, incluiu no relatório final uma proposta de emenda à Constituição (PEC) para que o teto de gastos seja redefinido a cada quatro anos.


Allisson Martins

O Agronegócio e os Derivativos

Allisson Martins
24 de Maio de 2022