Com compra do BIG, Carrefour passa a contar com 19 lojas no Ceará; veja unidades

Autorização pelo órgão antitruste prevê, porém, o desinvestimento em Juazeiro do Norte

Escrito por Ingrid Coelho, ingrid.coelho@smv.com.br

Negócios
Legenda: Grupo Carrefour já possui 11 lojas no Estado, sendo oito com a bandeira Atacadão, duas sob a marca Carrefour e um Sam's Club
Foto: Reprodução/Google Imagens

O Carrefour Brasil passará a contar com 19 lojas no Ceará após o Conselho de Administração e Defesa Econômica (Cade) ter aprovado - com restrições - a venda do Grupo BIG na última quarta-feira (25). O número considera as 11 já pertencentes à gigante francesa (Carrefour, Sam’s Club e Atacadão) e agora as oito unidades BIG.

Entre as unidades do Grupo BIG no Ceará que agora serão pertencentes ao Carrefour Brasil, quatro estão localizadas em Fortaleza sob a marca Big Bompreço e uma está em Juazeiro do Norte. Outras três unidades são do segmento de atacarejo com a bandeira Maxxi, presente em Fortaleza, Juazeiro do Norte e Maracanaú.

Já o Carrefour possui oito lojas Atacadão, sendo quatro na Capital cearense e mais quatro divididas entre região metropolitana e interior: Caucaia, Eusébio, Juazeiro do Norte e Sobral. Também são duas unidades da bandeira Carrefour em Fortaleza e um Sam’s Club. Os números foram obtidos pela reportagem nos sites das companhias.

Unidades

CARREFOUR BRASIL

  • Carrefour: 2 (Fortaleza)
  • Sam's Club: 1 (Fortaleza)
  • Atacadão: 8 (Fortaleza e interior)

REDE BIG

  • Maxxi: 3 unidades (Fortaleza, Juazeiro do Norte e Maracanaú)
  • Big Bompreço: 4 unidades em Fortaleza; 1 Juazeiro do Norte

Apesar de deter as 19 lojas com a venda, uma das condições para que a concretização é que o Carrefour se desfaça de alguns ativos (BIG) em localidades específicas. O grupo francês negociou um Acordo em Controle de Concentrações (ACC) que prevê o desinvestimento em nove localidades do País, sendo uma delas em Juazeiro do Norte (CE).

Além do município cearense, outras oito cidades também estão marcadas para as vendas das lojas: Gravataí (RS), Itabuna (BA), Maceió (AL), Olinda (PE), Paulista (PE), Recife (PE), Santa Maria (RS) e Viamão (RS). Inclusive, o Cade teria recebido informações de que já há interessados na compra das unidades.

Como ficam as lojas do BIG no Ceará?

Procuradas pela reportagem, as duas companhias evitaram se pronunciar sobre a operação e só devem dar mais detalhes quando a transação for concluída.

Ainda não se sabe, portanto, mais detalhes sobre as mudanças que devem ser efetuadas nas unidades e sobre qual loja de Juazeiro do Norte será vendida, já que o município conta com um Big Bompreço e com um Maxxi.

Conforme fato relevante divulgado pelas empresas, o desinvestimento previsto pelo ACC corresponde a 11 hipermercados/atacarejos e três supermercados no País para após o fechamento da operação, que "representam aproximadamente 3,6% do parque total de lojas e 6% da receita de 2021 do Grupo BIG".

A operação foi anunciada em março por R$ 7,5 bilhões, sendo considerada a maior da história do varejo nacional em valores. Com a finalização da compra, o Carrefour se torna a segunda maior varejista da América Latina, atrás apenas do Walmart no México e em cinco países latinos.

 

Assuntos Relacionados