Brasil cai duas posições e ocupa 62º lugar de 67 no Ranking Mundial de Competitividade IMD

Anuário analisa e compara os esforços de competitividade entre os países

Escrito por Redação ,
Empresas no Brasil
Legenda: Anuário foi realizado em parceria com o Núcleo de Inovação e Tecnologias Digitais da Fundação Dom Cabral
Foto: Shutterstock

O Brasil caiu duas posições no Ranking Mundial de Competitividade IMD em 2024. Conforme dados do Anuário elaborado pelo International Institute for Management Development (IMD) com o Núcleo de Inovação e Tecnologias Digitais da Fundação Dom Cabral, o País ocupa o 62º lugar de 67 países na lista

Esta é a posição mais baixa nos últimos anos. Em 2010, o Brasil ocupou o 38º lugar, enquanto em 2014, ficou em 54º, de 60 países analisados. 

Veja também

O ranking evidencia uma piora na eficiência governamental e na infraestrutura em relação ao ano passado. O Brasil ficou acima apenas dos seguintes países:

  • Peru
  • Nigéria
  • Gana
  • Argentina e Venezuela

O Anuário ainda analisa e compara os esforços de competitividade entre os países, contribuindo para os governos e empresas elaborarem estratégias de melhora e identificarem os pontos fracos.

“A competitividade de uma economia não se resume apenas ao PIB e à produtividade, visto que as empresas também têm que lidar com aspectos políticos, sociais e culturais. Nesse sentido, os governos devem fornecer um ambiente favorável ao desenvolvimento e crescimento de negócios, com infraestruturas, instituições e políticas adequadas e eficientes que incentivem as empresas”.
Hugo Tadeu
Diretor do Núcleo de Inovação e Tecnologias Digitais da Fundação Dom Cabral (FDC) e líder da pesquisa no Brasil.

Os 10 primeiros colocados no Ranking de Competitividade 2024

  • 1º lugar: Singapura
  • 2º lugar: Suíça
  • 3º lugar: Dinamarca
  • 4º lugar: Irlanda
  • 5º lugar: Hong Kong
  • 6º lugar: Suécia
  • 7º lugar: Emirados Árabes Unidos
  • 8º lugar: Taiwan, China
  • 9º lugar: Holanda
  • 10º lugar: Noruega

 

Os 10 últimos colocados no Ranking de Competitividade 2024

  • 57º lugar: Colômbia
  • 58º lugar: Bulgária
  • 59º lugar: Eslováquia
  • 60º lugar: África do Sul
  • 61º lugar: Mongólia
  • 62º lugar: Brasil 
  • 63º lugar: Peru
  • 64º lugar: Nigéria
  • 65º lugar: Gana
  • 66º lugar: Argentina
  • 67º lugar: Venezuela
Os destaques das últimas 24h resumidos em até 8 minutos de leitura.