Amber Heard é acusada por Chris Rock de mentir: 'acredite nas mulheres, exceto ela'

Comediante usou a batalha judicial entre a atriz e o ex-marido Johnny Depp durante uma apresentação em Londres

Escrito por Redação,

Zoeira
Montagem com imagens de Chris Rock ao lado de um registro de Amber Heard com Johnny Depp
Legenda: O ex-casal Depp e Heard estão se acusando em um tribunal no estado norte-americano da Virgínia
Foto: AL SEIB/AFP/AMPAS e POOl/AFP

O comediante Chris Rock usou a batalha judicial entre Amber Heard e Johnny Depp durante uma recente apresentação de humor. "Acredite em todas as mulheres, exceto em Amber Heard", disse Rock em um show realizado em Londres, Inglaterra, conforme a revista norte-americana Vanity Fair.

Na ocasião, o ator fez uma piada a partir da declaração do segurança de Depp, Starling Jenkins, sobre Heard ter supostamente defecado na cama do artista em 2016. "O que diabos ela está fazendo? Ela está na cama dele!", disse Rock.

O ex-casal Depp e Heard estão se acusando em um tribunal no estado norte-americano da Virgínia desde 11 de abril. O julgamento ocorre porque o ator processou a ex-esposa em US$ 50 milhões por publicar um artigo de opinião no jornal Washington Post, o acusando de tê-la agredido. Em resposta, a atriz processou o ex-marido em US$ 100 milhões.  

A batalha judicial tem ganhado repercussão à medida em que são revelados novos detalhes e declaração na Corte. Em depoimento nessa segunda-feira (16), Heard disse ter sido agredida durante a lua de mel do casal, em 2015. 

"Toda vez que ele me puxava para longe da lateral do carro, ele me jogava contra a parede", disse a atriz. "Ele arrancou a própria camisa e envolveu em volta do meu pescoço."

Em outra declaração, Depp disse que, durante uma discussão, a atriz arremessou uma garrafa de vodca contra ele, que acabou ferindo o dedo. No entanto, a versão dela sobre o fato é diferente.

Conforme a artista, o ex-marido feriu o dedo ao agredi-la com uma das mãos enquanto, com a outra, batia com um telefone de plástico duro contra a parede, provocando o machucado em si mesmo. Ela ainda o acusou de arrancar a camisola, agarrar os seios dela e estrangulá-la

O antigo casal se conheceu durante a filmagem do filme "Diário de Um Jornalista Bêbado", em 2011, e casaram quatro anos depois. Se divorciando em maio de 2016, com um acordo de US$ 7 milhões.  

Quer saber mais sobre cultura pop, filmes, séries e famosos num só canal? O Zoeira está no Telegram! Acesse o link: https://t.me/zoeira_dn