Itens e produtos na Região Metropolitana de Fortaleza ficam 0,15% mais baratos em julho, aponta IBGE

Pesquisa analisou itens de habitação, vestuário, transportes, saúde e cuidados pessoais e comunicação