Inspiradas no Natal, sorveterias de Fortaleza investem em sabores especiais para a data

Sorvetes de castanha-de-caju, de coco, amêndoas, pistache e até de panetone dão mais sabor à comemoração

Escrito por Redação,

Verso
Legenda: A San Paolo Gelato desenvolveu três versões especiais para esta época do ano
Foto: Foto: Andrezza Sampaio

Época de espiritualidade, encontros, troca de afetos e, claro, muitas iguarias gastronômicas. Assim é o Natal, repleto de memórias e surpresas capazes de encantar crianças e adultos diante de tanta magia. Esse período do ano também inspirou as sorveterias e gelaterias da cidade que incluíram ou adaptaram o cardápio com propostas especiais para a data.

Com o objetivo constante de desenvolver um produto natural e conectado à tradição italiana, a Bellucci Gelateria também investe em delícias inspiradas no Natal, prática que já se estende por cinco anos de existência.

"A gente tenta pensar em algo inovador, sem perder a nossa originalidade. Costumamos fazer um estudo de sabores, uma análise de sugestões de clientes e ver se elas se adequam à nossa proposta, à nossa identidade", explica Afra Colodette, proprietária da Bellucci.

O gelato mais pedido pelos clientes, segundo Afra, é o de Panetone. Além de se manter há anos no cardápio de fim de ano da gelateria, a delícia ainda ganhou novos traços neste Natal: ela pode vir servida dentro do pão doce aberto.

Em parceria com a forneria Morosi, os panetones e chocotones foram idealizados de forma a serem totalmente orgânicos e naturais, conversando com o propósito primário do estabelecimento.

Legenda: O gelato dentro do chocotone é a aposta da Bellucci Gelateria
Foto: Foto: Fabiane de Paula

A cidade de Florença, em solo italiano, foi berço para o desenvolvimento da iguaria gelada. Da mesma origem do prato, a sorveteria apostou em sobremesas diferenciadas e que remetessem ao início de sua história, para além do clássico pão recheado.

Um creme tradicional da Itália inspirou o Zabaione, sorvete à base de gema de ovo, açúcar e marsala. Já o gelato de ricota, mel e nozes se propõe a mesclar o doce e o salgado no paladar.

Legenda: Na Bellucci, outra especialidade é o de Zabaione, inspirado em um creme tradicional italiano
Foto: Foto: Fabiane de Paula

Tradição

Conhecida por misturar seus sorvetes a outros ingredientes em uma pedra de mármore resfriada, a San Paolo também se destaca pela produção de sabores especiais dedicados a datas comemorativas. Neste ano, a sorveteria não economizou criatividade na preparação para o Natal e fez escolhas inovadoras.

Legenda: O doce belga com amêndoas torradas ganhou nova receita na San Paolo, que inclui o pistache para elaborar o Praliné
Foto: Foto: Andrezza Sampaio

Entre as três formulações desenvolvidas estão os gelatos de Mascarpone, feito com queijo cremoso de origem italiana e geleia de maçã; o Praliné de Pistache, um doce belga à base de amêndoas torradas; e o Raffaello, inspirado nos bombons italianos constituídos de amêndoas, recheio cremoso, casquinha de wafer crocante e flocos de coco.

A seleção foi concebida no intuito de reproduzir receitas comuns nas ceias natalinas.

"Com a nova receita, conseguimos deixar o nosso tradicional Pistache ainda mais gostoso. Sempre há um queijo com geleia, daí surgiu o Mascarpone. Já o Raffaello é um chocolate tradicional no mundo inteiro. Só de olhar, as cores já remetem ao Natal", explica Mabel Fernandes, coordenadora de marketing da San Paolo.

Afetividade

As comidas também carregam lembranças afetuosas. Na data em que todo mundo se reúne ao redor da mesa e que o foco da ceia é o peru, a Sorveteria da Reserva procura acender esse sentimento por meio de seus principais motes na produção de um sorvete vegano e orgânico. Dentre eles estão sustentabilidade, diminuição de resíduos e o fortalecimento da agricultura familiar.

O cultivo das frutas para a fabricação da iguaria acontece na Reserva Pedrinhas, propriedade da família do casal Mirela Montenegro e Pedro Rocha, localizada na Lagoa das Almécegas, em Paraipaba. Por serem orgânicas, elas são colhidas de maneira sazonal, dando origem a sabores novos a cada época do ano.

Legenda: O sorvete de seriguela, fruta típica do Ceará, é uma das apostas da Reserva
Foto: Foto: Fabiane de Paula

O consumo da sobremesa gelada é comum na capital cearense, principalmente no verão, estação que coincide com as festas comemorativas e com o período de colheita de frutos característicos do Ceará. A combinação ideal dessas variáveis resulta, então, na refrescância e no afeto relacionados à época.

Sorvetes como seriguela, abacate e jaca são formulados pela Reserva para o período de fim de ano, mas os clássicos como castanha-de-caju, coco queimado e rapadura preta, também se mantêm no cardápio e na memória de quem reconecta o espírito natalino ao sabor regional.

Legenda: Tradicional no Ceará, a castanha-de-caju ganha destaque na Sorveteria da Reserva
Foto: Foto: Fabiane de Paula

Serviço
Gelateria Bellucci
Terça (24), das 12h às 18h30; e quarta (25), das 14h às 00h (Rua Frederico Borges, 624, Varjota). Contato: (85) 3039-7719

San Paolo Gelato
Terça (24), das 12h30 às 18h; e quarta (25), das 12h30 às 23h (Rua Ana Bilhar, 1145. Varjota). Contato: (85) 3121-3249

Sorvete da Reserva
Terça (24), das 12h às 18h; e quarta (25), das 12h às 19h (Rua Torres Câmara, 100, Aldeota). Contato: (85) 3045-6987