Homenageando Barbalha, Acadêmicos de Santa Cruz conquista Estandarte de Ouro de melhor samba-enredo

O prêmio será entregue no próximo dia 13 de março, no Rio de Janeiro

Legenda: Entres os destaques da homenagem musical à Barbalha estavam as paradas e as misturas de estilos musicais, com a inserção de elementos de xote no meio do batuque do samba
Foto: Foto: Adriano Duarte

A cidade de Barbalha, no Cariri, ganhou mais um destaque neste Carnaval. Com um samba-enredo que homenageava a cidade cearense, a Acadêmicos de Santa Cruz ganhou o prêmio Estandarte de Ouro de melhor samba enredo pelo grupo de acesso do desfile de escolas de samba do Rio de Janeiro.

O título de melhor escola de samba da Série A de 2020 ficou para a Imperatriz Leopoldinense. 

Legenda: A advogada Socorro Luna com vestido assinado pelo estilista Ivanildo Nunes. Ela representou as solteironas de Santo Antônio, uma das tradições de Barbalha
Foto: Foto: Adriano Duarte

Elaborado pelos compositores Samir Trindade, Junior Fionda, Elson Ramires e Rildo Seixas, o samba-enredo da Acadêmicos de Santa Cruz recebeu o título de "Santa Cruz de Barbalha - Um conto popular no Cariri Cearense". O prêmio será entregue no próximo dia 13 de março. Vale ressaltar que o Estandarte de Ouro não premia sambas-enredo reeditados.

O resultado foi divulgado neste domingo (23) pela comissão julgadora. Foram avaliados a criatividade, melodia e concisão da música. Entres os destaques da homenagem musical à Barbalha estavam as paradas e as misturas de estilos musicais, com a inserção de elementos de xote no meio do batuque do samba. 

Pela televisão

Na madrugada deste domingo, vários moradores de Barbalha acompanharam a apresentação da Acadêmicos de Santa Cruz por telões montados em áreas públicas da cidade. Um dos equipamentos foi erguido no bairro do Rosário, enquanto o outro ficou no Centro. Nem mesmo as fortes chuvas afastaram a população local da transmissão do evento.