Casarão que abrigou o Órbita reabre como boate temática futurística; veja como ficou

Entre diferentes ritmos e drinks, Kosmica Club quer mergulhar o público na atmosfera intergaláctica; inauguração acontece nesta sexta-feira (27)

Legenda: Temático, o Kosmica Club mergulha nas cores e camadas do universo, dialogando com astros, planetas, extraterrestres e o futuro
Foto: Kid Júnior

Esquina das ruas Dragão do Mar e Almirante Jaceguai. Durante mais de 20 anos, o endereço abrigou o Órbita Bar. Misto de pub irlandês com club, a casa protagonizou alguns dos momentos mais agitados da Capital, numa mescla de alternativo, indie-rock, eletrônico e underground. Nesta sexta-feira (27), tudo isso se converte em nova história dentro do mesmo espaço. Chegou a hora do Kosmica Club.

Não é exagero dizer que o estabelecimento desembarca em Fortaleza. A proposta é que a atmosfera intergaláctica chegue à Terra e faça morada. Temático, o Kosmica mergulha nas cores e camadas do universo, dialogando com astros, planetas, extraterrestres e o futuro.

Legenda: Cardápio da casa tem drinks com nomes de constelações
Foto: Kid Júnior

“Nosso cardápio tem drinks com nomes de constelações; temos planetas no centro da casa, onde é mais próximo do palco; e nossos bares são divididos com nomes de planetas – Saturno, Júpiter, Netuno”, exemplifica o empresário e influenciador digital Edgel Joseph

Ele é um dos sócios e idealizadores do clube, juntamente a Darlivan Almeida, Marcelo Negreiros e Tiago Ranieri. A temática escolhida, por sinal, tem como base “A Mulher do Futuro”, como Edgel é conhecido nas redes sociais. Tudo respira esse clima.

Além dos detalhes já citados, há outros. Os funcionários terão fardas personalizadas – como se estivessem em direção ao espaço – e a configuração externa do local também exala o cosmos.

Legenda: Planetas no centro da casa conferem um charme a mais na decoração
Foto: Kid Júnior

Na lateral, a decoração de signos encanta os aficionados por Astrologia; frontalmente, estrelas, cometas e supernovas dão o tom. Lá dentro, a boate é climatizada, com a novidade de ter lounge e camarote. “A gente vem também com a pluralidade. Nossa preocupação é atender o maior número de públicos possíveis”, destaca Edgel, também diretor artístico da casa.

Do piseiro ao surf music

O maior número mesmo. Funcionando de quinta a domingo, o clube ofertará diferentes vibes aos clientes. Às quintas, a ideia é que ele funcione estilo pub/barzinho; às sextas e sábados, entram em cena pop, funk, axé, brasilidade e música latina, com inserção de ritmos como o piseiro; aos domingos, a leveza do surf music, num clima de pós-praia, ocupará a Via-Láctea do Kosmica. Diversidade.

“Hoje, a gente tem uma invasão das redes sociais, do Tik Tok e das músicas desses aplicativos no nosso cotidiano. Então não podemos fugir disso que está bombando nas rádios e na internet, embora tenhamos propostas mais específicas”.

Com isso, a ideia é oferecer entretenimento diferenciado para a área do Dragão do Mar. Além de toda a oferta de sons e sabores – dentre os drinks já anunciados, estão Fênix (tequila levemente mesclada a limão, laranja e maracujá) e Órion (gin, framboesa e pink lemonade) – o visual é o que deve mais chamar a atenção do público. 

Edgel, não à toa, sublinha o caráter instagramável da casa, favorecendo novos registros e memórias. “Estamos todos muito ansiosos. A equipe está bastante focada e recebendo muitas mensagens de apoio e de carinho, até por conta da expectativa do que vai ser”.

Legenda: Nesta sexta-feira (27), subirá ao palco a Superbanda e vários DJs residentes: programação diversa
Foto: Kid Júnior

A primeira festa do local já deve apresentar essas bases. Nesta sexta-feira (27), a partir das 22h, subirá ao palco a Superbanda e os DJs residentes Camilo Castelo, Igor Wolf, Babita, Carly Morais e o Astro, DJ invisível da boate.

Continuidade do Órbita

Ainda que diante de tantas novidades, os sócios do Kosmica não querem fugir do rastro deixado pelo Órbita Bar. Fundado em 1999 pelo artista plástico irlandês Sean Bolger e pela empresária americana radicada no Brasil, Patrícia Carvalhedo, a casa fechou temporariamente em 2020, no início da pandemia de Covid-19. 

Agora, os sócios procuram um novo espaço para abrigar o estabelecimento. Em todo o período de funcionamento no antigo endereço – e até na extensão do empreendimento, o Órbita Blue, na Praia do Futuro, em plena atuação – predominou a vontade de potencializar o combo arte e música

“As pessoas têm uma memória afetiva do Órbita. Em nenhum momento a gente fugiu disso – apesar da nova casa ter uma proposta totalmente diferente. Respeitamos muito a história construída naquele lugar. E percebemos o carinho, a ansiedade e a expectativa do público quando a gente fala daquele espaço, desde o momento que a gente divulgou que seria a Kosmica”, divide Edgel.

“Então, a casa já inaugura com sucesso, muito devido ao que foi feito nos anos anteriores”. Questionado também sobre quais links serão feitos entre o novo espaço e o antigo, o empresário é enfático: apesar da similaridade nos nomes dos dois estabelecimentos – ambos com diálogo intergaláctico – a gênese de ambos foi completamente diferente. De todo modo, a pluralidade cultivada pelo Órbita também dará as caras no Kosmica.

Legenda: "A casa já inaugura com sucesso, muito devido ao que foi feito nos anos anteriores”, divide Edgel Joseph
Foto: Kid Júnior

“O Órbita trabalhava muito bem isso, ele agradava a todo mundo. Vamos dar essa continuidade, sendo um espaço plural, democrático”. E atento. Abrindo as portas num momento mais flexível da pandemia, os sócios do clube cumprirão todos os protocolos de combate ao coronavírus e estão preparados, caso o panorama sanitário regrida.

“Temos uma grande responsabilidade desde que chegamos no lugar. Sabíamos que não poderíamos fazer de qualquer jeito. Investimos financeira e psicologicamente em tudo. São cinco meses de preparação para esse momento. Nesse período, a gente vem construindo cada ideia. Até agora vem dando certo, como tem que ser”. 


Serviço
Kosmica Club Fortaleza
Inauguração nesta sexta-feira (27), às 20h, na Rua Almirante Jaceguai, 81, Praia de Iracema. Valores: às quintas, entrada franca; às sextas e sábados, somente ingresso (R$40/ Consumação: R$120); aos domingos, gratuito até 22h/ após esse horário, somente ingresso (R$40/ Consumação: R$120). Mais informações pelo perfil do estabelecimento, no instagram

Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?

Assuntos Relacionados