Contratações de micro e pequenas empresas pelo BNB têm alta de 61,6% no CE

De acordo com informações do Banco do Nordeste, a previsão é injetar R$3,4 bilhões com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) e Recursos Internos (Recin) no segmento, responsável pela maior parte da geração de empregos no Estado

Legenda: Oferta de crédito tem produtos com taxas a partir de 0,37% ao mês, a mais competitiva do País
Foto: Foto: Ellen Freitas

O Ceará teve uma elevação de 61% em contratações de micro e pequenas empresas (MPE) pelo Banco do Nordeste, comparando em igual período de 2018, de acordo com informações divulgadas nesta segunda-feira (10) pelo banco. O valor contratado acumulou R$ 325,3 milhões, um crescimento de 108,9% em relação ao ano passado.  

De acordo com informações do BNB, a previsão é injetar R$3,4 bilhões com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) e Recursos Internos (Recin) no segmento, responsável pela maior parte da geração de empregos no Estado.  

Para alcançar esses investimentos, o BNB afirmou que promove assinatura de acordos com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) a fim de facilitar o acesso de micro e pequenas empresas ao crédito de curso e longo prazos, com recursos do FNE, além como a outros produtos bancários. 

Crescimento 

Até maio desse ano, o BNB contratou R$ 1,4 bilhão com micro e pequenas empresas (MPE), uma alta de 68,5% nas aplicações com o FNE e Recin, na comparação com o mesmo período de 2018.  

No total, foram contratadas 17,2 mil operações de crédito com empresas do segmento no Nordeste e norte de Minas Gerais e do Espírito Santo, 37,4% a mais do que nos cinco primeiros meses de 2018. Atualmente, o Banco do Nordeste conta com carteira ativa de mais de 194 mil pequenas empresas. 

Você tem interesse em receber mais conteúdo de negócios?

Assuntos Relacionados