Pedro Scooby diz, no BBB 22, não interferir na orientação sexual e identidade de gênero dos filhos

Segundo o surfista, a relação com as crianças em casa é de entender a natureza de cada um

Escrito por Redação,

Zoeira
Pedro Scooby e os filhos
Legenda: Scooby é pai de Dom, Liz e Bem, filhos que são fruto do casamento com a ex, Luana Piovani
Foto: reprodução/Instagram

O surfista Pedro Scooby, um dos integrantes do grupo 'Camarote' do BBB 22, comentou com os demais brothers da casa que não interfere na orientação sexual e identidade de gênero dos filhos. "Quando é pra ser, não tem jeito", disse em conversa na qual falou sobre a relação próxima com os três filhos, frutos do casamento com a ex-mulher, Luana Piovani.

"Quando eu me deparo com um cara que é preconceituoso, eu falo: 'irmão, não é você que vai escolher se o teu filho é hétero, gay ou não. Ele nasceu assim", opinou Scooby. "O que você vai decidir é se você vai ser amigo dele ou não. Porque se você tiver esse tipo de atitude, ele não vai mais querer olhar na tua cara", completou.

Segundo o surfista, em casa, as três crianças tiveram a mesma criação, mas todas reagiram de formas distintas às atividades, estilos e preferências vistas nos adultos. "Não adianta. É da pessoa, é da natureza da pessoa. Tem que deixar ela florir e tá tudo certo, mano", continuou.

Em casa

Como exemplo, Scooby citou a filha Liz que pratica skate e karatê e mantém hábitos considerados mais femininos pela sociedade. "Ela é toda dondoquinha, é engraçado, até", relatou.

O surfista reforçou a necessidade de possibilitar aos filhos a vivência da natureza deles. "Seja o que Deus quiser e o que ela quiser, também. Que tenha um caráter maneiro, agora o resto... é da natureza da pessoa. Tem que deixar ela florir", finalizou.