Angelina Jolie afirma que temeu pela segurança da família em casamento com Brad Pitt

Atriz sinalizou o temor por questões ligadas a violência doméstica

Escrito por Redação,

Zoeira
Angelina Jolie falou sobre sentimentos em relação ao ex-marido, o ator Bradd Pitt
Legenda: Angelina Jolie falou sobre sentimentos em relação ao ex-marido, o ator Bradd Pitt
Foto: Reprodução/YouTube

A atriz americana Angelina Jolie revelou informações curiosas sobre o casamento e o divórcio de Brad Pitt. Ela contou que chegou a temer pela segurança de toda a família durante o casamento com o ator, em entrevista à revista Weekend — do The Guardian. Na conversa, relacionada ao lançamento de um novo livro, a estrela disse que a vida com o galã a fez perceber a importância dos direitos das crianças.

A reportagem tentou colher informações aprofundadas sobre o relacionamento, mas Angelina Jolie declarou ser impedida de entrar em detalhes por conta do processo de custódia em andamento. Durante a entrevista, ela teria acenado com a cabeça para confirmar estar fazendo menção ao divórcio e às acusações de violência doméstica que ela fez contra Pitt.

Ao ser questionada sobre a segurança dos herdeiros e dela durante o casamento com Brad Pitt, Jolie destacou à publicação: "Sim, pela minha família. Minha família inteira". Durante casamento, o casal formou uma família cercada pelos filhos, Maddox, de 20 anos, Pax, de 17, Zahara, de 16, Shiloh, de 15, e os gêmeos Knox e Vivienne, de 13.

Na entrevista, Angelina Jolie falou do momento em que precisou tomar a decisão da separação. "Eu não sou o tipo de pessoa que toma decisões como as decisões que eu tive que tomar de ânimo leve. Foi preciso muito para eu estar em uma posição onde eu senti que tinha que me separar do pai dos meus filhos".

Acusações

Em setembro de 2016, Angelina Jolie pediu o divórcio de Brad Pitt, finalizado em 2019. Apesar do corte matrimonial, eles ainda estão em uma batalha de custódia, depois que ela alegou violência doméstica contra ele.

Em novembro de 2016, o FBI anunciou que nenhuma acusação seria feita contra Pitt, e o inocentou de qualquer irregularidade, após um incidente alguns meses antes em seu avião particular no qual foi alegado que um Pitt bêbado era abusivo com Maddox, então com 15 anos.

Cinco dias após o incidente, a atriz pediu o divórcio, citando "diferenças irreconciliáveis" e afirmando que sua decisão de acabar com o casamento "foi tomada para a saúde da família".

Na época, o ator admitiu ter um problema com álcool — ele frequentava alcoólicos anônimos após a separação — e que tinha gritado com um de seus filhos, mas sempre negou ser fisicamente abusivo com eles.

Os advogados de Brad Pitt se recusaram a comentar quando foram convidados pelo Guardian.