Saiba como ver as notas do Enem 2021

Candidatos podem verificar pontuações obtidas nos meios oficiais do Inep

Candidatos do Enem 2020 andando no campus da Uece no bairro Itaperi
Legenda: Versões impressa e digital da prova serão aplicadas nos mesmos dias em 2021
Foto: José Leomar

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já tem mexido com os ânimos de candidatos em todo o País. Apesar de o exame ainda não ter sido aplicado — as provas ocorrerão neste domingo (21) e no próximo (28) —, há quem já esteja buscando saber como ver a nota do teste.

De acordo com o edital do Enem, os gabaritos das provas objetivas serão divulgados no Portal do Inep até o terceiro dia útil após a aplicação das últimas provas. Ou seja, o gabarito poderá sair até o dia 1º de dezembro.

No entanto, o participante não terá acesso às notas finais apenas com o gabarito. Os resultados individuais do Enem — contando com as quatro notas das provas objetivas e a nota da redação — só serão divulgados posteriormente. A data ainda não foi divulgada.

Quando as notas forem determinadas, o candidato poderá acessar o Portal do Inep ou o aplicativo oficial do Enem e inserir o número do CPF e a senha.

Em seguida, o interessado pode buscar o resultado nas opções disponíveis e ver as notas das provas, divididas por área de conhecimento.

Notas da redação

Conforme o edital do Enem, a nota da redação pode variar entre 0 (zero) e 1.000 (mil) pontos. No entanto, não há um único procedimento para se chegar à pontuação — o Inep prevê possibilidades distintas de cálculo a depender dos resultados prévios.

Isso porque a redação é corrigida por dois corretores de forma independente. Cada um deles atribuirá uma nota entre 0 (zero) e 200 (duzentos) pontos para cada uma das cinco competências analisadas no texto.

Se não houver discrepâncias — diferenças de 100 pontos na nota final ou de 80 pontos em quaisquer competências — entre eles, a nota do candidato resultará da média aritmética simples das duas apontadas pelos corretores. 

Esquema de média aritmética com exemplo de nota do Enem
Legenda: Procedimento de média aritmética simples considera quociente da divisão a partir do número de notas
Foto: reprodução

Caso haja discrepâncias, o próprio sistema abrirá um recurso de ofício automaticamente, e a redação será corrigida mais uma vez. O texto, então, é enviado para um terceiro corretor, também independente.

Se a nota indicada pelo terceiro corretor não diferir entre as dos outros dois avaliadores, a nota corresponderá à média aritmética entre as duas notas totais que mais se aproximarem. A outra nota será descartada.

Se houver discrepância entre o terceiro corretor e apenas um dos dois primeiros, a nota final do participante será a média aritmética entre as duas notas atribuídas pelos corretores que não mostraram discrepância. A outra nota não será mais levada em conta.

Entretanto, se a nota indicada pelo terceiro corretor for equidistante das notas totais atribuídas pelos outros dois corretores e houver impossibilidade de aproximação da nota atribuída pelo terceiro corretor com um dos outros dois, dá-se início a um novo processo.

Esquema de discrepância entre notas do Enem
Legenda: No esquema acima, a nota do terceiro corretor tem discrepância de igual valor entre notas dos dois primeiros corretores
Foto: reprodução

Nesse caso, a redação é levada a uma banca composta por outros três corretores, que, juntos, atribuirão a nota final do participante. As notas anteriores a esse processo são desconsideradas. O mesmo procedimento pode ocorrer se o terceiro corretor tiver discrepância com os outros dois.

Quero receber conteúdos exclusivos do EducaLab