Arrecadação federal cresce 2,95% em julho e atinge R$ 137,7 bi, a melhor para o mês desde 2011

Segundo a Receita, o desempenho de julho foi influenciado por arrecadações extraordinárias de R$ 3,2 bilhões no Imposto de Renda para Pessoa Jurídica e na Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL)