Egídio Serpa: Ministra já vê o atum cearense e potiguar