1º trimestre decepciona e indústria de calçados amarga perdas

Empresa que mais emprega no Ceará, a Grendene apresentou queda de 29,5% da produção no primeiro trimestre de 2019. Setor esperava uma recuperação do consumo de calçados no início deste ano, o que não se concretizou