Com reforço no sistema de energia elétrica, Avenida Brasil parou o País em 2012; relembre momentos

Novela do autor João Emanuel Carneiro superou os 50 pontos de audiência no país

Legenda: Embates entre Nina e Carminha geraram grande repercussão nas redes sociais

A novela Avenida Brasil volta à programação na televisão nesta segunda-feira (7) com grande expectativa por parte dos telespectadores. Sucesso de audiência na faixa das 21h na TV Globo em 2012, o folhetim eternizou as personagens de Nina, interpretada por Débora Falabella, e Carminha, de Adriana Esteves, além de movimentar o país tanto na exibição do último capítulo como em outros aspectos culturais e econômicos.

Já nesta segunda, os comentários divertidos em relação à exibição encheram as redes sociais. Por isso, o Verso criou uma lista com as repercussões da novela. Confira!

> Veja como está o elenco infantil de Avenida Brasil após sete anos

1) Reforço do sistema elétrico no país

Legenda: Último capítulo alcançou audiência acima de 50 pontos

Com a exibição do capítulo final da história escrita por João Emanuel Carneiro, o sistema elétrico brasileiro precisou ser reforçado. Isso porque dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) indicaram que durante as noites de exibição dos episórios derradeiros de telenovelas a carga do sistema apresentava uma elevação em até 5% logo após o fim do capítulo. 

Segundo o próprio operador, esse pico é comum durante grandes exibições, por exemplo. Quando grande parte da população se concentra na TV e a transmissão é finalizada, elas partem para outras atividades que demandam energia, como abertura da geladeira, acionamento de chuveiro elétrico, etc.

2) Fotos congeladas

Legenda: As imagens congeladas eram exibidas ao fim de cada capítulo de "Avenida Brasil"

No Facebook, imagens "congeladas", assim como apareciam no fim de cada capítulo, viraram febre entre os internautas. As primeiras fotos com o layout surgiram com a exibição do centésimo capítulo da novela e famosos como William Bonner, Susana Vieira e Fernanda Paes Leme aderiram ao movimento.

3) Febre do "kuduro"

Legenda: Ritmo angolano ficou famoso no país em 2012

A abertura da novela com a canção "Vem Dançar com Tudo", adaptação da música "Danza Kuduro", de autoria do cantor Don Omar, entrou nas paradas de sucesso em 2012. Além disso, com toda a repercussão, o ritmo, originário da Angola e criado da década de 1980, ganhou espaço no país e passou a ser tocado nas rádios.

4) Sucesso no Twitter

Legenda: As ações da vilã Carminha, vivida por Adriana Esteves, eram umas das mais repercutidas

Além do Facebook, a novela também teve espaço significativo no Twitter. Sempre com a hashtag #OiOiOi, fazendo referência ao tema de abertura, cada capítulo da novela recebia milhares de comentários na rede social. Geralmente, os maiores destaques ficavam para as cenas cômicas ou para o suspense deixado ao final dos episódios.

5) Repersussão no Exterior 

Não bastasse todo o sucesso em território brasileiro, a novela global conquistou o público argentino. Em 2014, ano de exibição da novela no país, milhares de pessoas se reuniram no estádio Luna Park, em Buenos Aires, para o desfecho de Carminha, Nina e Tufão. No local, Débora Falabella falou no palco e foi ovacionada junto dos colegas de elenco Cauã Reymond (o Jorginho, ou Jorgito, para os argentinos), Marcos Caruso (Leleco), Vera Holtz (Mãe Lucinda) e Alexandre Borges (Cadinho, ou Carlitos na adaptação).

Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?

Assuntos Relacionados