Brincadeiras de rua da infância são revisitadas por curta-metragem em financiamento coletivo

Comunidade do Santa Filomena, no Grande Jangurussu, é cenário para o filme

Equipe do curta-metragem
Legenda: Equipe do curta-metragem "Pedro", dirigido por Leo Silva
Foto: Bruna Kessia

Se você já brincou de “polícia e ladrão”, “carimba” e futebol na rua, certamente é cringe… Quer dizer, com certeza vai se identificar com a narrativa de “Pedro”, curta-metragem dirigido pelo fortalezense Leo Silva, 26, que tem como cenário a comunidade do Santa Filomena, no Grande Jangurussu. O projeto entra em financiamento coletivo a partir desta quarta-feira (30).

Fruto de uma crônica escrita em 2019, o enredo ficcional, mas baseado em histórias reais, busca expressar em imagens as lembranças de uma infância compartilhada por muitos garotos e garotas da periferia de Fortaleza. 

Querendo ou não, bate uma saudade de estar ali na rua brincando. A gente sabe que a infância hoje é totalmente diferente. São processos muito delicados, que temos procurado conhecer. Eu tenho feito essa busca e trago na crônica (e no filme) um pouco das vivências que eu tive”, contextualiza.
Leo Silva
Fotógrafo e diretor do curta-metragem

pedro
Legenda: Filme "Pedro" traz retratos das brincadeiras de infância na periferia
Foto: Bruna Kessia

O elenco do curta, incluindo protagonistas e figurantes, é formado por pessoas da própria comunidade do Santa Filomena, o que reforça a idealização de um cinema que contemple os talentos locais. Além disso, a parte técnica também envolve profissionais da periferia.

“Hoje nós temos uma equipe aí que tá com quinze, vinte pessoas que se viram no roteiro. Eu acho que é o que torna mais massa essa parada e acredito que essa experiência de fotografar, né? Filmar na comunidade faz com que se torne um processo mais natural”, conta o diretor.

Financiamento coletivo

A artista visual Vitória Helen, 21, residente no Curió, é uma das componentes do grupo. Há poucos meses ela se envolveu com a área de produção cultural/executiva e agora está à frente da campanha de financiamento coletivo do curta-metragem, que visa arrecadar R$ 18 mil reais explorando diferentes perspectivas.

Pedro
Legenda: O elenco do curta é formado por pessoas da comunidade do Santa Filomena
Foto: Leo Silva

“Um dos pontos mais importantes da campanha, é que parte do valor que arrecadarmos vai ser destinado ao projeto social Meninos de Deus, que é um grupo da própria comunidade que promove o desenvolvimento de crianças e adolescentes em vulnerabilidade social por meio do esporte”, explica. 

Este projeto, aliás, já ganhou um documentário pelas lentes de Leo Silva, e, de certa forma, também inspirou o diretor na nova produção.

“A ideia é buscar essa grana para fortalecer a equipe, mas o dinheiro vai ser dividido entre a gente, as recompensas e os meninos de Deus. Então, a pessoa que apoia o filme, vai estar apoiando também um projeto social”, reforça Leo.

filmagem
Legenda: Cotidiano do personagem é retratado no filme
Foto: Bruna Kessia

As contribuições variam de R$10 a R$150, com recompensas em três categorias: simbólicas, materiais (livros, ilustrações, poster do filme, postais com frames do curta, fotografias em PVC etc) e de experiência (cursos com profissionais colaboradores do projeto). 

Vitória Helen explica que existe ainda uma opção no valor de R$500 para quem tem interesse em entrar como patrocinador. “Algumas das recompensas são limitadas”, adianta a produtora. Com uma boa arrecadação, o filme pode ser lançado ainda em outubro de 2021.

Pedro
Legenda: Gravações devem ser finalizadas em setembro
Foto: Bruna Kessia

Além do impacto sócio-cultural que o filme objetiva deixar para a comunidade, há também um desejo dos envolvidos em compartilhar as próprias narrativas.

“A gente sabe que Santa Filomena é uma comunidade pouco conhecida, apesar de termos alguns projetos ganhando visibilidade. O que queremos é fragmentar essas histórias  a partir das nossas escritas”, conclui Leo, entre um respiro e outro de gravação.

Serviço

Financiamento coletivo do filme “Pedro”, de Leo Silva
Disponível entre os dias 30/06 e 16/8 no benfeitoria.com/curtametragemPEDRO
Mais informações: Instagram @pedrocurtametragem

Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?