Militar da Marinha envolvido na morte de policial civil no Rio mostra onde vítima foi jogada

Manoel Vitor Silva Soares narrou parte da ação que culminou na morte de Renato Couto

O militar da Marinha Manoel Vitor Silva Soares, 32, preso por envolvimento na morte do policial civil Renato Couto, mostrou à Polícia onde o corpo da vítima foi jogado. Vídeo mostra o suspeito com agentes da Corporação em trecho da ponte sobre o Rio Guandu — às margens do qual a vítima foi achada — e narra parte da ação criminosa. Conforme o portal G1, Manoel dirigiu a van em que o policial foi colocado e que a localização deste só foi possível após a indicação do motorista. O agente foi morto na última sexta-feira (13) após discussão com um dos assassinos, o dono de um ferro-velho.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil