Avião com 2 milhões de vacinas contra Covid-19 chega ao Brasil

Lote de imunizantes de Oxford/AstraZeneca será enviado à Fiocruz antes de ser liberado e incorporado ao Plano Nacional de Imunização

Avião com vacinas de Oxford contra Covid-19
Legenda: A previsão é de que as doses estejam prontas na madrugada desta quarta-feira (24).
Foto: divulgação/Receita Federal

Um avião com carga de 2 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 chegou ao Brasil no início desta terça-feira (23). A aeronave aterrissou no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, e seguirá para o Rio de Janeiro, após trâmites de fiscalização. As doses serão entregues à Fiocruz. As informações são do portal G1.

Os imunizantes passarão por conferência de temperatura e integridade do lote na instituição. A carga, de vacinas de Oxford/AstraZeneca, também receberá etiquetas com dados em português e terão amostras encaminhadas para análise de protocolo e liberação pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde ao longo do dia.

A previsão é de que as doses estejam prontas na madrugada desta quarta-feira (24) antes de serem incorporadas ao Plano Nacional de Imunização. Ainda não há informações acerca da distribuição das vacinas e da quantidade a ser recebida por cada estado brasileiro.

Produção de vacina no Brasil 

A Fiocruz também tem contrato para produção do imunizante no País. Em 7 de fevereiro, a fundação recebeu um lote com 88 litros de IFA vindos da China. Armazenado a -55° na sede da fundação, na zona norte do Rio, o líquido é suficiente para produzir 2,8 milhões de doses.

As primeiras vacinas fabricadas com esse material devem ser entregues ao Ministério da Saúde entre 12 e 15 de março, segundo previsão dos cientistas.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil