Servidores buscam deputados cearenses em mobilização contra reforma administrativa

A votação do relatório da PEC 32/2020 na comissão especial, prevista para esta quinta (16), foi adiada para a próxima semana

Servidores públicos
Legenda: Servidores públicos de diversos estados estão em Brasília para protestos contra a PEC da reforma administrativa
Foto: ANDES

Deputados federais cearenses receberam, nesta quinta-feira (16), comitiva de servidores públicos do Ceará, que estão em Brasília para mobilização contra o avanço da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma administrativa - de número 32/2020. 

Único deputado cearense na Comissão Especial da Reforma Administrativa, André Figueiredo (PDT) esteve com os servidores junto a outros nomes da Frente Parlamentar Mista do Serviço Público. Na ocasião, outros deputados da oposição também participaram do diálogo. 

Representante do Fórum Permanente em Defesa do Serviço Público Ceará, Bruno Rocha afirma que também foram realizadas visitas a alguns gabinetes de parlamentares, inclusive da base governista do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Entre os cearenses, eles visitaram Moses Rodrigues (MDB), Pedro Bezerra (PTB) e Capitão Wagner (Pros). Ainda segundo Bruno Rocha, que preside o Sindicato dos Docentes das Universidades Federais do Estado do Ceará (ADUFC-Sindicato), os três garantiram que irão votar contra a reforma. 

Adiamento da votação

Atendendo ao pedido de integrantes da comissão especial, o relator da PEC da reforma administrativa, Arthur Maia (DEM-BA), retirou mudanças que havia feito em seu relatório na noite de quarta-feira (15) e manteve seu parecer anterior. 

O deputado se comprometeu ainda a trabalhar em uma terceira versão do substitutivo. Com isso, a votação, prevista para esta quinta, foi adiada para a próxima semana. 


Assuntos Relacionados