Parlamentares apoiadores de Bolsonaro e Lula travam embates em meio a visitas ao Ceará

Discursos acalorados ocorreram ao longo desta semana na Assembleia Legislativa e na Câmara Municipal de Fortaleza

Lula na frente de bolsonaro na pesquis
Legenda: Petista venceria atual mandatário com ampla vantagem
Foto: Alan Santos (PR) / Ricardo Stuckert (Divulgação)

A visita do presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) ao Ceará, na semana passada, e a vinda do ex-presidente Lula (PT) ao Estado, nesta sexta-feira (20), vêm esquentando o clima e gerando tensão política entre parlamentares cearenses apoiadores dos dois lados nos últimos dias.

Jair Bolsonaro veio ao Ceará, na última sexta-feira (13), para entregar casas, em Juazeiro do Norte. Ele fez um passeio pela cidade em carro aberto. Lula, por sua vez, chegará nesta sexta-feira (20) e ficar até a próxima segunda (23).

Embates

Na sessão da Assembleia Legislativa da última quinta-feira (19), o deputado estadual André Fernandes (Republicanos) criticou a vinda do petista e as possíveis aglomerações que ele pode fazer aqui em meio à pandemia.

"O governador ficou revoltado porque o presidente não podia vir entregar 3 mil casas. Entretanto, esse final de semana, o ex-presidiário Lula estará no Ceará. Sabe o que Camilo Santana vai fazer? Recebê-lo, convidar para almoço, fazer evento dentro de hotel para aglomerar", criticou.

O deputado estadual do PT, Guilherme Sampaio, rebateu e disse que Lula visitará o Ceará sem provocar aglomeração.

"Lula está vindo para o Ceará com respeito ao povo. Não está vindo sem máscara, para gerar aglomeração e colocar criança no colo e tirar máscara da criança. Isso não é respeito, é crime. Quem está dizendo que ele (Lula) é presidiário, o presidente pode amanhã estar na cadeia para explicar rachadinha".

Os ânimos exaltados e o clima quente resultaram também em bate-boca entre Fernandes e o também petista Elmano de Freitas no plenário da Assembleia. O debate foi em meio à votação do projeto que prevê punição para servidores que se recusarem a tomar a vacina. Veja o vídeo:

Na Câmara Municipal, apoiadores de Bolsonaro e e Lula também travaram embates.

Receberemos o presidente (Lula) não apenas para um debate, mas para pensar um projeto que recoloque o Brasil no rumo certo. O que Bolsonaro faz hoje é distrair muitos brasileiros com suas falsas polêmicas
Ronivaldo Maia (PT)
Vereador de Fortaleza

Se você tem um patrão, mandatário bandido que rouba o Brasil o problema é seu
Inspetor Alberto (Pros)
Vereador de Fortaleza

Visita de Bolsonaro

Na semana passada, o Governo do Estado havia obtido uma liminar na Justiça que proibia o desembarque de passageiros no Ceará sem o comprovante de vacinação contra a Covid-19 das duas doses ou o teste negativo para a doença.

O governador disse, na véspera da chegada de Bolsonaro ao Ceará, que essa decisão valia para todos, inclusive, para o presidente da República.

A medida, no entanto, foi derrubada na Justiça Federal após ação do Governo Federal e da Agência Nacional de Aviação (Anac).

Assim, Bolsonaro e a comitiva presidencial entrou no Estado sem a necessidade das comprovações. Dias depois da visita, o presidente disparou sobre a medida do Estado: "quer ser um País", disse ele.  

Visita Lula

Nesta sexta (20), Lula também deve desembarcar no Estado onde vai ter encontros com movimentos populares, lideranças políticas, inclusive o governador Camilo Santana (PT), e deve vistar o Porto do Pecém, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Veja

Parlamentares cearenses que apoiam um lado e outro tem travado embates sobre a rota de Bolsonaro e Lula no Ceará.