Dirigentes do PT endossam fala de Guimarães e apoiam nome de Izolda Cela na sucessão estadual

Vereadores, deputados e integrantes da direção da sigla reforçaram elogios à pedetista e a defenderam como “candidata natural”

Encontro da bancada do PT com a governadora ocorreu na última segunda-feira (25)
Legenda: Encontro da bancada do PT com a governadora ocorreu na última segunda-feira (25)
Foto: Divulgação

Surpreendidos com o apoio do deputado federal José Guimarães (PT) à candidatura de Izolda Cela (PDT) ao Governo do Ceará, dirigentes do PT não pestanejaram em endossar o discurso do correligionário. Vereadores, deputados e integrantes da direção da sigla reforçaram elogios à pedetista e defenderam que ela deve ser a “candidata natural” do grupo governista, capaz de “unir vários partidos (da base)”.

Além de Izolda, disputam a cabeça de chapa governista o ex-prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), o deputado federal Mauro Filho (PDT) e o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE), Evandro Leitão (PDT). A fala de Guimarães ocorre justamente em um momento onde aliados de Izolda e de Roberto Cláudio intensificam a disputa interna na sigla pelo nome a ser escolhido para liderar a chapa.

“Não estamos impondo nada, mas nossa preferência é por Izolda Cela”, escreveu José Guimarães no Twitter. A declaração foi a mais contundente dada pelo parlamentar, que é uma das lideranças petistas mais influentes no Ceará e na cúpula nacional da sigla. Guimarães ainda reforçou a pressão para que o nome escolhido pelo PDT contemple os anseios do PT. 

“O PT não pode ir para uma aliança com poder de ofício, mas precisa se sentir representado. Não é simples, é uma aliança de 16 anos que precisa se renovar para enfrentar a candidatura de Bolsonaro no Ceará”
José Guimarães (PT)
Deputado federal

A fala de Guimarães ocorre um dia após o encontro, promovido por Izolda, com parlamentares do Ceará. A bancada petista compareceu em peso – com ausência do próprio Guimarães e da deputada federal Luizianne Lins (PT). Na reunião, integrantes do partido posaram para uma fotografia com a mandatária, que foi interpretado por aliados como um apoio ao nome da governadora.

Izolda x Roberto Cláudio

A governadora e o ex-prefeito são os dois pedetistas com mais força na disputa interna. Roberto Claúdio, no entanto, enfrenta resistência de duas lideranças que compunham a base do ex-governador Camilo Santana (PT), mas são adversários do pedetista: a deputada federal Luizianne Lins (PT) e o ex-senador Eunício Oliveira (MDB).

Esse fator é decisivo, na avaliação do presidente municipal do PT em Fortaleza, o vereador Guilherme Sampaio (PT).

“Izolda contempla o PT e ainda atrai o MDB, por isso, de fato, ela está creditada para tentar a reeleição. Obviamente que essa definição caberá ao PDT, respeitamos, mas os fatos vão criando circunstâncias para vislumbrar que, hoje, para mim, o caminho natural é Izolda Cela”
Guilherme Sampaio (PT)
Presidente municipal do PT

Entre as “circunstâncias” que favorecem à mandatária, Sampaio elenca o apoio do PDT à candidatura do petista Camilo Santana ao Senado e ao período em que ela estará à frente do Executivo estadual, além da participação dela no Governo Camilo. 

“Como dirigente do PT, o fato de ela assumir o Governo e de ter participado ativamente de todos os momentos do Governo Camilo faz dela a continuidade natural de uma gestão que já é aprovada pela população”, afirma.

“Além disso, sem nenhum demérito aos demais,ela expressa uma unidade que a credencia muito para ser a nossa candidata na disputa e ser a potencial vencedora”, conclui o dirigente.

Aliados

O presidente estadual do PT, Antônio Filho, conhecido como Conin, reconhece que o apoio à Izolda tem partido de “lideranças importantes” do PT. Ele também sinalizou por uma preferência para o nome da mandatária. 

“A candidatura no Ceará tem que ter essa capacidade de agregar os dois palanques, de Ciro Gomes (PDT) e de Lula (PT). Não podemos fazer uma aliança que interdita isso”, diz.

“De fato, o nome da Izolda traz toda a contribuição dela para o Governo Camilo e, agora como governadora, representa uma continuidade” 
Conin
Presidente estadual do PT

O dirigente ainda ressalta que não tem a pretensão de “interferir no processo interno do PDT”, já que recebeu o compromisso dos pedetistas de que o PT será ouvidos na escolha. 

Outro integrante do PT que saiu em defesa do nome de Izolda foi o deputado estadual Acrísio Sena (PT). Para ele, é natural que partidos aliados do PDT tenham preferências por alguns nomes. 

“Mas é óbvio no PT que o nome capaz de agregar a grande maioria dos partidos aliados é o da governadora Izolda Cela. Essa fala do Guimarães só vem reforçar um sentimento do PT”, afirma.

Para a vereadora Larissa Gaspar (PT), a governadora é "o melhor nome". "Para nós do PT, o nome da Izolda, com certeza, entre os nomes postos, é o melhor, é o que avaliamos o mais positivo tendo em vista a capacidade de diálogo, de aglutinação e de força", diz.

"Ela já mostrou a capacidade de trabalho no Executivo quando foi secretária da Educação e fez do Ceará referência nacional. Eu, pessoalmente, a considero o melhor nome para disputar o Governo", conclui.

Resistência no PT

Um dos focos de resistência à manutenção da aliança entre PT e PDT no Ceará é a ex-prefeita Luizianne Lins. A petista defende que o partido lance um nome próprio para a disputa. No entanto, em fevereiro deste ano, Izolda e a petista tiveram encontro reservado na sede da vice-governadoria do Ceará.

Apesar de não ter saído qualquer definição de aliança, o encontro marcou uma aproximação entre a ex-mandatária e uma integrante do PDT do Ceará. 

Os apoios de cada pedetista

Além dos petistas, Izolda teria recebido apoio, na última sexta-feira (22), do presidente da AL-CE, Evandro Leitão, que está entre os pré-candidatos do PDT. Mesmo cotado para encabeçar a chapa no Executivo, Leitão já havia declarado em março deste ano que estava focado em se reeleger como deputado estadual.

Durante evento do Governo do Ceará em Coreaú, na região Norte do Estado, o parlamentar desejou sabedoria à chefe do Executivo "ao longo do seu mandato, nos nove meses e, se Deus quiser, mais quatro anos aí à frente do Governo do Estado do Ceará".

Já Roberto Cláudio tem demonstrado sua força entre os pedetistas da Capital. O prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT), já defendeu diversas vezes o nome o ex-prefeito para a disputa pelo Governo do Ceará. O ex-mandatário também recebe apoio dos vereadores dae Fortaleza. 

A ex-prefeita e deputada federal Luizianne Lins foi procurada pela reportagem, mas não respondeu. O deputado federal José Guimarães também foi procurado, mas não retornou.