Vagas de Engenharias são excluídas de concurso do Metrofor e serão relançadas em outro certame

Cargos de analistas técnicos para engenheiros eletricista e mecânico estavam em edital publicado no início de março, mas foram retirados após ação do Crea-CE

Metrofor
Legenda: Vagas para engenheiros em concurso do Metrofor serão ofertadas em outro concurso
Foto: Divulgação Governo do Ceará

Os cargos de analistas técnicos para engenheiros eletricista e mecânico (2 vagas), inicialmente descritos no edital do concurso do Metrô de Fortaleza (Metrofor), serão contemplados somente em um certame futuro, disse o órgão estadual em nota nesta terça-feira (15).

Diário do Nordeste questionou o Metrofor sobre os referidos cargos após o presidente do Conselho Regional de Engenharia do Ceará (Crea-CE), Emanuel Maia, afirmar em publicação nas redes sociais que as vagas foram canceladas

No dia 7 de março, o Crea-CE havia protocolado uma ação na Justiça contra o concurso, alegando que o Estado não estava cumprindo com os valores de remuneração estabelecidos na lei federal nº4.950-A. 

"Não contentes com as ações, no dia 14 de março, o Metrofor e Governo do Estado, em um ato de má-fé, simplesmente decidem não convocarem mais engenheiros", disse Emanuel Maia em publicação no Instagram. 

O Metrofor afirma que a decisão de relançar as vagas em outro concurso se deu para evitar que a discussão jurídica gerasse lentidão ao atual certame. Contudo, não esclareceu quando o novo processo acontecerá. 

"As duas vagas para Analista Técnico previstas no edital do concurso público a ser realizado não foram canceladas. Elas serão relançadas em outro concurso, futuramente, para evitar que a discussão levantada judicialmente traga lentidão à realização do certame, que oferece um total de 150 vagas, prejudicando assim milhares de pessoas interessadas nos demais cargos bem como a operação das linhas do Metrofor", disse o órgão, em nota. 

Remuneração prevista em lei

O Metrofor ainda reafirma que a remuneração prevista para as duas vagas "decorre da lei estadual número 13.770, publicada no Diário Oficial do Estado em 26/05/2006, que cria o Plano de Cargos, Carreiras e Salários dos profissionais metroviários do Ceará, vinculando esta empresa, de modo que eventual readequação dependeria de aprovação de nova lei pela ALCE".

Quero receber conteúdos exclusivos do Papo Carreira