Iguatu tem gasolina mais barata do Ceará; confira cidades com litro mais caro

O preço médio no Ceará, no entanto, apesar de ter registrado queda, ainda está próximo ao patamar de R$ 7 por litro

Escrito por Redação,

Negócios
Legenda: Itapipoca apresentou o maior preço médio do Ceará segundo a ANP
Foto: Kid Junior/SVM

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) voltou a registrar um preço pelo litro da gasolina no Ceará abaixo de R$ 6 na última pesquisa semanal do valor de revenda, feita entre os últimos dias 19 e 25 de dezembro.

Com um valor de R$ 5,89 pelo litro, Iguatu apresentou o combustível mais barato nessa categoria no Estado. 

O preço médio no Ceará, no entanto, apesar de ter registrado queda entre os levantamentos, ainda está próximo ao patamar de R$ 7 por litro. Entre os dias 12 e 18 de dezembro, o valor médio de revenda no Estado era de R$ 6,917, passando para R$ 6,828 na última semana.

 

Enquanto isso, a gasolina mais cara do Estado foi registrada em Crateús, onde estava sendo cobrado R$ 7,49. Lá, o preço médio já passa dos R$ 7, sendo registrado em R$ 7,091.

Veja o ranking por cidade no Ceará com maior preço médio: 

  1. Itapipoca: R$ 7,123
  2. Crateús: R$ 7,091
  3. Limoeiro do Norte: R$ 7,043
  4. Sobral: R$ 6,999
  5. Canindé: R$ 6,941
  6. Fortaleza: R$ 6,850
  7. Caucaia: R$ 6,804
  8. Maracanaú: R$ 6,795
  9. Iguatu: R$ 6,746
  10. Juazeiro do Norte: R$ 6,591
  11. Crato: R$ 6,565
  12. Quixadá: R$ 6,429

Preço na Capital 

Em Fortaleza, o valor médio registrado na ANP ficou em R$ 6,850. Foram analisados 101 postos na capital cearense para organizar a base de dados. 

O posto com a gasolina mais cara tinha o preço de R$ 6,999, enquanto o mais barato ficou em R% 6,659.