Idoso precisa comprovar imunidade à Covid-19 para voltar ao trabalho

Sem informação e ainda apresentando comorbidades, trabalhador deve permanecer em casa, de acordo com o Governo do Ceará

Imagem de idoso na rua
Legenda: Condições foram exposta em decreto publicado pelo Governo do Estado no último domingo (9)
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Motivo de preocupação pelas autoridades desde o início da pandemia de Covid-19 por corresponderem a um dos grupos de risco, as pessoas com mais de 60 anos já podem retornar ao trabalho no Ceará. No entanto, segundo determina o decreto do Governo do Estado, é preciso que elas comprovem imunidade ao novo coronavírus.

O decreto refere-se a trabalhadores acima de 60 (sessenta) anos ou com fatores de risco da Covid-19 que tenham comprovação de imunidade ou de adoecimento há mais de 30 (trinta) dias. 

A prova pode ser feita por exames de detecção de anticorpos e atestado médico que comprove a saúde da pessoas neste tempo. Caso não se enquadre nessas condições, o idoso continua proibido de voltar ao trabalho.

 

Isolamento restritivo

O documento publicado na noite deste domingo (9), indica que "segue sendo aplicável somente aquelas que forem portadoras de cardiopatia grave, diabetes insulino dependente, de insuficiência renal crônica, asma grave, doença pulmonar obstrutiva crônica, obesidade mórbida, doenças neoplasias malignas, imunodeprimidas e em uso de medicações imunodepressores ou outras enfermidades que justifiquem, segundo avaliação e atestado médico, o isolamento mais restritivo".

Manutenção de fases

Assim como adiantou o governador Camilo Santana na última sexta-feira (7), as fases da retomada foram mantidas em todas as macrorregiões cearenses, mantendo a programação do chamado Processo de Abertura Responsável das Atividades Econômicas e Comportamentais no Estado do Ceará.

Confira os estágios da retomada em cada área do Ceará:

  • Fortaleza e municípios da Macrorregião de Fortaleza - Fase 4;
  • Macrorregiões do Sertão Central e Litoral Leste/Jaguaribe - Fase 2;
  • Macrorregião Norte - Fase 2;
  • Macrorregião do Cariri - Fase 1.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de negócios?