Camilo: vamos recomendar que municípios do Interior tenham lockdown

Governador também reforçou que vai renovar o decreto de isolamento social durante apresentação dos detalhes do plano de reabertura econômica

Legenda: Governador falou sobre as ações de enfrentamento na tarde desta quinta-feira (28)
Foto: Foto: Divulgação

O governador Camilo Santana divulgou durante live realizada na tarde desta quinta-feira (28) que o plano de retomada da economia no Ceará terá quatro fases e um período de transição de sete dias a partir de 1º de junho. Setores da construção civil, indústria têxtil e agropecuária devem retornar parcialmente já na etapa de transição. Escolas e atividades de grande aglomeração só voltarão a funcionar na 4ª e última fase. 

Camilo também afirmou que vai renovar o decreto de isolamento social que acaba no próximo domingo (31) e que vai recomendar a adoção do isolamento social mais rígido, conhecido como lockdown, em algumas localidades do interior do Estado. Em Fortaleza, o lockdown está em vigor desde o último dia 8.

"Irei renovar o decreto de isolamento social a partir de segunda-feira (1º) e, a partir de recomendações, vamos sugerir que alguns municípios adotem o isolamento social mais restritivo", pontuou.

O secretário da Saúde do Estado, Dr. Cabeto, explicou que na última semana o número de casos e de óbitos reduziu significativamente em decorrência do isolamento social. "O Ceará, a partir do isolamento, reduziu significativamente o número de casos, então não há dúvidas sobre a importância do isolamento social no sistema de saúde", ressaltou, mostrando os dados em gráficos.

"Dá para perceber nitidamente a redução do número de casos no isolamento", disse. "Na semana epidemiológica 21 e na semana 22 temos uma redução no número de óbitos, o que confirma a tendência que temos falado sobre o sistema de saúde e a população", finalizou o Dr. Cabeto.

Camilo voltou a dizer que, apesar da redução e dos números apresentados, a situação ainda é grave.

Escolas

Camilo também lembrou a situação das escolas e reforçou que esses estabelecimentos devem voltar a operar apenas na última fase do plano de reabertura. Esta semana, o sindicato que representa as escolas particulares (Sinepe-CE) havia informado a intenção de retomar as aulas no dia 17 de junho com algumas séries.


Categorias Relacionadas