Auxílio emergencial: beneficiários podem recorrer até dia 22 de abril

Governo Federal abre nova rodada de contestação para lote de análises liberado neste sábado (10)

Legenda: Prazo para contestação do novo auxílio segue até 22 de abril
Foto: Kid Junior

Os beneficiários que tiveram o novo auxílio emergencial recusado terão uma nova chance de contestar a resposta final nos próximos dez dias. A nova rodada de contestação foi aberta nesta terça-feira (13) pelo Governo Federal e segue até o dia 22 de abril.

Podem pedir a revisão as pessoas que receberam o auxílio no ano passado e se enquadram nos novos critérios criados para a prorrogação do benefício.

O novo prazo também é válido apenas para as pessoas inclusas no lote de análise liberado neste sábado (10) pela Dataprev.

Aqueles presentes no primeiro lote, liberado no último dia 2 de abril, tinham até esta segunda-feira (12) para recorrer.

Para realizar a contestação, o beneficiário precisa acessar o portal de consulta no site do Ministério da Cidadania e informar CPF, nome completo, nome da mãe e data de nascimento.

Caso a mensagem seja de 'elegível', basta clicar no botão de 'solicitar contestação', se ele estiver disponível.

Calendário de pagamentos

Os pagamentos começam a partir de 6 de abril para os trabalhadores que fazem parte do Cadastro Único e para os que se inscreveram por meio do site e do aplicativo Caixa Tem.

Os pagamentos seguem as datas de nascimento dos beneficiários. Veja o calendário completo:

Os depósitos serão feitos na conta poupança digital da Caixa, que pode ser movimentada pelo aplicativo Caixa Tem. Mais uma vez, será liberada primeiro a movimentação digital e, posteriormente, os saques.

Bolsa Família

Para os beneficiários do Bolsa Família, os pagamentos começam em 16 de abril e seguirão o calendário já estabelecido para o benefício. 

Para este público, os pagamentos serão feitos da mesma forma que é pago o Bolsa Família, através do Caixa Tem.

Veja o calendário para este público:

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios