Promoter Alicinha Cavalcanti morre aos 58 anos, após luta contra doença rara

A carioca foi diagnostica com Afasia Progressiva Primária (APP) em 2015

Escrito por Redação,

Zoeira
promoter alicinha cavalcanti sorrindo em foto
Legenda: A promotora de eventos tinha assistência médica domiciliar e suporte do marido Rodrigo Biandi
Foto: Reprodução/Instagram

A promoter de eventos Alicinha Cavalcanti morreu aos 58 anos nesta segunda-feira (2), por complicações da Afasia Progressiva Primária (APP), uma doença rara. Ela foi diagnosticada com a condição em 2015, e desde então se afastou do trabalho e estava em assistência médica domiciliar. 

De acordo com a revista Marie Claire, nos últimos anos a carioca já não reconhecia mais os amigos. A promoter ficou também sob os cuidados do marido, Rodrigo Biondi.

Neste ano, uma vaquinha chegou a ser organizada por amigos de Alicinha, para ajudar com os custos do tratamento.

Homenagens 

A apresentadora Astrid Fontenelle, amiga de Cavalcanti, publicou uma homenagem à promotora de eventos nas redes sociais: "Perdi hoje minha amiga mais sapeca e deliciosa. Mulher forte. Mulher amorosa".

"Lutou bravamente contra uma doença que até hoje não reconheço o nome. Alicinha era puro AMOR. E pelo Gabriel então… seria sua madrinha de consagração. Hoje virou estrela. Meus sinceros sentimentos ao Rodrigo que esteve com ela nessa luta num dos pactos de AMOR mais lindo que vi", comentou.

Print de homenagem de Astrid Fontenelle a Alicinha Cavalcanti
Legenda: A apresentadora era amiga próxima da promotora de eventos
Foto: Reprodução/Instagram

Marília Gabriela também expressou seus sentimentos pela partida de Alicinha e a descreveu como uma amiga "generosa" e que "não se abatia com nada". 

"Alicinha Cavalcanti nos deixou hoje para sempre. Foi super combativa em sua luta contra a infelizmente invencível Afasia Progressiva Primária. Lutou e lutou até hoje pela manhã. Vai deixar um imenso vazio em cada pessoa que passou pela sua vida".

Print de homenagem de Marília Gabriela a Alicinha Cavalcanti
Legenda: Homenagem foi publicada nas redes sociais de Marília
Foto: Reprodução/Instagram

O que é Afasia Progressiva Primária? 

De acordo com o Portal da Afasia, site especializado na doença e conduzido por um trio de fonoaudiólogas, a Afasia Progressiva Primária (APP) é uma síndrome neurodegenerativa que causa atrofia em áreas do cérebro responsáveis pela linguagem e pela comunicação. 

Paralelamente, a doença também causa outras significativas alterações cognitivas e comportamentais. A APP geralmente atinge em pessoas na idade pré-senil, antes dos 65 anos. 

Assuntos Relacionados