Marido de Ganzarolli dá golpe de R$ 1,5 milhão em noivo de Pavanelli, diz colunista

Empresário alega ter sido enganado na venda de um carro de luxo

Escrito por Redação,

Zoeira
Helen Ganzarolli e César Kuratomi e Flávia Pavanelli e Junior Mendonza
Legenda: Noivo de Pavanelli acusa marido de Ganzarolli de dar golpe de R$ 1,5 milhão
Foto: Reprodução

O empresário do ramo de futebol Júnior Mendonza acusa o também empresário César Kuratomi de ter lhe dado um golpe no valor de R$ 1,540 milhão, por uma venda falsa de um carro de luxo. Os envolvidos são, respectivamente, o noivo da atriz Flávia Pavanelli e o marido de Helen Ganzarolli, ambas contratadas do SBT. As informações são do colunista Leo Dias, do Metrópoles

Segundo o jornalista, César havia prometido a Júnior a venda de uma Land Rover Vogue modelo 2022. Após várias desculpas sobre a entrega do veículo, Mendonza entrou em contato com a montadora e descobriu que não havia um valor exato para o veículo no Brasil, já que o modelo não havia sido lançado em território nacional. 

O empresário disse à coluna que abrirá um boletim de ocorrências contra o marido de Helen Ganzarolli. Ele alega que possui a documentação do veículo, mas que esta é falsa. Existe, ainda, um contrato assinado por eles.

“Ele me disse que tinha comprado uma Land Rover Vogue modelo 2022, que nem chegou no Brasil ainda, e que a primeira seria dele, mas que ele está com muitos carros. Então, ele me perguntou se eu não queria comprar, eu disse que sim, que queria e qual era o valor. Ele disse que o valor era de R$ 1,540 milhão. E mandou o pedido do carro. Me mandou todos os dados falsos do carro, assinamos o contrato e ele me disse que na data tal o carro chegaria”, explicou Mendonza.

“Esperei até o limite do contrato, onde eu podia pedir meu dinheiro de volta e, pra minha surpresa, sem o carro porque ele não existe, e sem o dinheiro porque cada dia é uma desculpa. Ou seja, golpista! E vou fazer um B.O. contra ele”, concluiu Junior.

César confirma atraso

César Kuratomi, por sua vez, contou à coluna que tudo estava sendo resolvido até esta sexta-feira (20). Ele disse que de fato houve atraso na devolução do dinheiro, mas que ele e Júnior são amigos.

“Essa venda foi entre amigos e aí acabou que realmente houve um atraso. Éramos amigos. Eu acho que, como eu disse a ele mesmo, ele estava bem chateado com a situação, que de fato ocorreu, mas que a gente já está resolvendo”.

A transferência do valor, no entanto, ainda não tinha sido feita até a data mencionada. Nas últimas mensagens trocadas com Mendonza, o marido de Ganzarolli chegou a oferecer um imóvel financiado, mas ao checar os detalhes, o empresário descobriu que César havia pago apenas R$ 70 mil na propriedade e não aceitou a oferta.

Assuntos Relacionados